“Jogo Duplo”: Resumo dos próximos episódios

"

Episódio 241 (15 a 21 de outubro)

Steven diz aos pais que está apaixonado por Sandra e gostava de se mudar para casa dela. Margarida e João dizem que não o podem impedir. Steven promete ir ver a mãe todos os dias. João diz-lhe que sim. Steven fica feliz.

Vítor diz que aquilo não faz sentido, pois João não é estúpido. Óscar acha que João, finalmente, cometeu um erro. Vítor diz que têm de duvidar, quando as coisas são óbvias e não quer ser manipulado, outra vez. Óscar diz que têm de ir buscar João.

Susana conta a Cátia como replicam as impressões digitais de João. Cátia diz que a PJ não é parva e não vai acreditar nisso. Susana diz que é o suficiente para João saber que Manuel está a incrimina-lo.

Susana quer que eles se matem um ao outro para elas poderem viver em paz. Margarida diz que não quer perder Steven. João diz que não vai perder.

Óscar chega e diz que está ali para deter João por ser o principal suspeito de assassinar Tomás. João fica furioso. Emília e Tiago preparam-se para dormir. Emília está feliz por Tiago se ir deitar à mesma hora que ela.

Margarida liga a Tiago a dizer que João foi preso. Tiago prepara-se para sair e Emília diz que ele não vai fazer nada. Tiago sai. Emília fica furiosa. Sandra conta a Steven que namorou com Freddy e que ele e Botija vendiam droga. Sandra tem medo que algum deles conte que eles estiveram no campo de tiro. Sandra não quer voltar lá.

Margarida liga a Steven e este diz que vai falar com Vítor por causa de João. Margarida diz a Steven que João foi preso. Diz que estão a incriminá-lo pela morte de Tomás. Margarida acha melhor ele voltar para casa. Steven diz que vai tentar falar com Vítor.

Vítor diz a João que acha que ele está a ser incriminado. João acha que é retaliação. Vítor conta que a arma que matou Tomás tinha as impressões digitais dele. Vítor pede a João para contar o que sabe. João diz que não sabe de nada e pede a Vítor para o tratar como vítima de Manuel.

Steven conta a Helena que João foi preso. Acha que alguém está a tentar incriminá-lo pela morte de Tomás. Helena diz que vão ter de esperar por Vítor. Steven quer ir embora para não ficar desconfortável. Helena diz que têm de se unir. Vítor acha que João está a esconder alguma coisa sobre Manuel.

Álvaro chega e João pede para ficar a sós com ele. João diz a Álvaro que o estão a incriminar e quer que ele prove que é fácil forjar impressões digitais numa arma. Álvaro pergunta quem é que o quer incriminar. Vítor acha que João está a ser incriminado.

Óscar acha que João torturou Tomás por ele ser o principal suspeito de ter raptado Steven. Vítor diz que João nunca cometeria aquele erro. Óscar acha que foi um descuido.

Miguel ouve Óscar dizer a Vítor que não devia ter abafado a morte do raptor. Pergunta se lhe querem contar alguma coisa. Margarida diz a Tiago que têm de recolher provas do álibi de João. Margarida pergunta a Tiago se João lhe contou de Tomás.

Tiago diz que sim. Margarida acha que João deve contar a verdade. Tiago diz que não há provas, mas diz que vai livrar João. Susana vigia o edifício da PJ, de onde sai Álvaro. Laura vem a passar e vê Susana dentro do carro. Fica a vigiá-la.

Susana envia mensagem a Manuel, a dizer que João ficou preso. Manuel recebe a mensagem de Susana a dizer que João ficou preso. Susana lê a mensagem de Manuel e arranca.

Passado um momento, Laura liga o carro e segue-a. Vítor conta toda a história do rapto a Miguel. Miguel fica furioso por não terem confiado nele. Pergunta o que é que faz com aquela informação. Vítor diz-lhe que não se arrepende de nada do que fez e aceita as consequências. Miguel sai.

Óscar diz que ele vai compreender. Susana estaciona o carro, sai e desaparece numa esquina. Laura para o seu carro e segue Susana. Laura é agarrada por Susana, que lhe aperta o pescoço. Pergunta quem é que a mandou segui-la. Laura diz que a viu e a seguiu, mas não ligou à polícia. Laura está com dificuldade em respirar. Susana olha para ela, fria.

Tiago diz que têm de fortalecer o álibi de João com provas documentais. Margarida conta que na noite em que Steven apareceu João estava em casa só com ela. Tiago pede para reverem tudo por ordem cronológica. Vítor chega e Helena pergunta o que é que ele pode dizer sobre João.

Vítor, maldisposto, diz para ele falar com o advogado e vai dormir. Steven fica triste. Helena diz-lhe para ir descansar para estar pronto para o que está para vir. Álvaro diz que já têm um bom rasto documental dos movimentos de João. Tiago conta como é fácil falsificar as impressões digitais de outra pessoa. Álvaro e Tiago estão confiantes. Margarida agradece a Tiago por tudo.

Óscar conta a Diana que João foi preso por ser o principal suspeito da morte de Tomás. Diana diz que não faz sentido. Óscar insiste na culpa de João. Diana diz que Óscar cai sempre no mesmo erro.

Óscar diz que Diana está a proteger o mau da fita e sai. Diana liga à irmã. Álvaro diz que o único problema é João ter estado só com Margarida em casa no dia em que os miúdos apareceram. João acha que as suas impressões digitais foram falsificadas por Manuel.

Álvaro pergunta se ele vai dizer isso ao juiz. João diz que tem de pensar. Álvaro acha que ele sabe mais do que está a contar.

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close