“Jogo Duplo”: Resumo dos próximos episódios

"

Episódio 250 (29 de outubro a 4 de novembro)

Rosa acha que Teodoro devia contratar Renato para mudar a imagem do turismo rural dele. Teodoro contrata-o e pede uma bebida para comemorar, mas Ti Chico diz-lhe que não.

Afonso diz a Maria João que foi vê-la, pois preocupa-se com ela. Maria João diz que o casamento dela acabou e só quer salvar a empresa. Margarida entra e diz à mãe que Manuel quer matar Steven.

Susana observa os dois agentes da PSP junto à porta da casa dos Duque.  Leonor acha que a relação deles estagnou e quer ir viver com umas colegas para Lisboa, pois ali está longe de tudo.

Alexandre diz que vai viver com ela para Lisboa.  Clara está muito nervosa e Helena diz que não há razão para isso. Helena diz que tem de ir a casa de Margarida para decidirem onde é que os miúdos vão ficar.

Susana vê Helena sair de casa de Clara, entrar no seu carro e arrancar. Susana estranha, olha para a casa Duque que tem as luzes apagadas, enquanto na Clara estão todas acesas.  Leonor acha que em Lisboa iam continuar a ter o mesmo problema, pois mal se iriam ver.

Alexandre diz que quer perceber o que se passa e Leonor decide acabar com a conversa. Alexandre pergunta se o melhor é ir dormir a casa do pai e Leonor diz que não.  Tiago diz que têm de proteger Steven. Steven pergunta se a Susana é assim tão perigosa e Afonso diz que ela é capaz de tudo.

Rodrigo chega e pede a João para falar a sós com ele.  Rodrigo conta a João que Catarina foi contar a Miguel o que se passou quando ele foi parar ao hospital. João pergunta o que é que Catarina sabia e Rodrigo diz-lhe que ela sabia tudo.

Clara diz a Amália que tem de ter Teodoro de volta e que quer ajudá-lo a recuperar o turismo rural. Amália diz que vai embora para Lisboa e Clara diz-lhe que a sua está estagnada.

Susana vê as luzes da casa de Clara apagarem e envia uma mensagem.  Manuel recebe uma mensagem de Susana a perguntar “a miúda também?”. Manuel, pensativo, escreve a resposta. Susana recebe a mensagem de Manuel a dizer que sim. Susana fica pensativa e pergunta se pode antes matar Alexandre.

Manuel responde que pode ser qualquer um e sobe as escadas, irritado.  João está preocupado, pois não precisa de mais problemas com a PJ. Rodrigo diz que também é um problema dele e continua à espera que João faça alguma coisa.

Sandra não percebe como é que não prendem Manuel. Vítor e Helena chegam a casa de Margarida e Vítor repara em Rodrigo e pergunta a Tiago se a imprensa já sabe e este diz-lhe que não.

João diz a Vítor que está preocupado com a segurança do filho, pois ambos sabem do que Susana é capaz. João pergunta se a denúncia é fidedigna e Vítor diz que foi Cátia, que está feita refém.

Na PJ Joaquim diz que já tem a localização do IP que Cátia estava a utilizar e mostra um mapa da zona com a localização aproximada de dois armazéns abandonados. Óscar, Miguel, Euclides e Marques dirigem-se para lá. Leonor e Alexandre dormem e Susana na penumbra, observa-os com uma pistola com silenciador na mão.

Afonso questiona se os chineses que chegaram ao hotel serão amigos de Manuel.

Vítor entra e diz que Steven vai ser vigiado por agentes da PSP e João quer que Tiago ande sempre com ele. Vítor diz que estão perto de encontrar Cátia. Afonso volta a falar nos chineses e João pede-lhe para estar atento.  Emília está chateada por Tiago nunca mais chegar. Tiago liga e diz-lhe que está a trabalhar e não dorme em casa.

Emília quer saber o que se passa, mas Tiago não lhe diz e desliga. Óscar arromba a porta e entra com os restantes elementos da brigada e encontra Cátia com dores.

Cátia pergunta por Steven e Óscar diz que está protegido. Óscar diz que Cátia vai para o hospital.  João acha que Susana não vai tentar uma entrada à força e não vai arriscar um confronto com ele.

Tiago está desconfiado com a chegada dos chineses e João diz que vai pedir a Diogo para saber mais coisas sobre eles.  João liga a Diogo e este diz a Gabriela que tem de ir à receção verificar umas informações que João lhe pediu. Laura aproxima-se de Catarina e Sara e diz que quer expor crimes ambientais da Fénix no blog delas.

Catarina e Sara ficam desconfiadas e Laura entrega uns documentos para provar que está a falar verdade.  Diogo pergunta a Sílvia e Sérgio pelos chineses e os empregados confirmam que eles ainda não jogaram.

Bárbara entra e diz a Diogo que voltou para matar saudades dele e este fica atrapalhado. Sara e Catarina ficam interessadas nos documentos e Laura diz que pode arranjar mais.

Catarina pergunta o que é que Laura ganha com a denúncia e Laura confirma que está farta de trabalhar na Fénix e pede dinheiro pelas informações. Catarina faz acordo com ela.

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close