Júlia Pinheiro: Novo “Portugal em Festa” já está a roubar público à TVI

A 1 de junho, João Baião assumiu o “Portugal em Festa”, substituindo Rita Ferro Rodrigues e José Figueiras na condução do formato.

O primeiro programa não conseguiu levantar as audiências e registou 13.3% de quota média de mercado e uma média de 371 mil telespectadores.

Júlia Pinheiro, diretora de conteúdos da SIC, após ver os resultados alcançados pelo “Portugal em Festa”, acredita que o programa vai subir.

«Os números ainda são magrinhos, como se esperava. Não estávamos à espera de pôr lá o João e que houvesse uma implosão súbita.», afirma a responsável, até porque para ela «essas coisas em televisão não existem.»

Satisfeita com a nova contratação e aposta da SIC para as tardes de domingo, Júlia Pinheiro mostra-se feliz com os resultados alcançados: «Não houve crescimento, mas houve mais espectadores. E saíram da TVI».

Recorde-se que nesta emissão o “Portugal em Festa” reteve 371.600 espectadores em média e o “Somos Portugal” da TVI segurou 687.500 espectadores em média.

Já na segunda emissão com João Baião, o formato popular de Carnaxide situou-se nos 4.3 de rating, 13.6% de quota média de mercado e segurou 411.800 espectadores em média. O “Somos Portugal” foi líder absoluto do período vespertino e marcou 7.6/24.3% (734.700 espectadores em média). A RTP1 esteve na esmagadora parte do tempo em 2º e alcançou mesmo a vice-liderança em média. O melhor produto foi o filme “Ligação de Alto Risco” que registou 5.9/16.6%.

 

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close