Lídia Franco explica como se preparou para “O Beijo do Escorpião”

génio do mal

Lídia Franco está de regresso aos ecrãs nacionais em “O Beijo do Escorpião” onde irá dar vida a Madalena, uma mulher que sofre de alcoolismo.

«Já bebi uns copos, mas depois adormeço e não me lembro de nada. Esse laboratório não está a resultar. Vamos ver se tento outro que resulte», brinca a atriz.

Em “Rosa Fogo”, Lídia Franco viveu uma personagem com Alzheimer, tendo sido ‘obrigada’ frequentou algumas instituições para interpretar da melhor forma o papel.

Para a nova trama da TVI, a atriz não pensa, por enquanto, em assistir reuniões dos Alcoólicos Anónimos, pois não considera importante para este novo desafio:

«Uma das coisas em que nos baseamos é em pessoas que conhecemos. Os alcoólicos anónimos não são nada que eu não tenha pensado, mas não sei se para este caso é útil. Dá-me a ideia que iria recolher elementos que já tinha recolhido, mas que são mais teóricos», conta, acrescentando: «O trabalho de um ator é sempre físico, tem sempre de partir do nosso corpo. Temos de misturar a personagem que estamos a fazer e misturar isso com o problema que ela tem, neste caso o alcoolismo. E existem vários tipos de alcoólicos. Cada um reage conforme a sua maneira de ser e é evidente que esta doença tem que ver com a personalidade dela.»

“O Beijo do Escorpião” é da autoria de António Barreira e João Matos e a estreia está prevista acontecer em janeiro.

Partilhe: Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Noticias relacionadas

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close