“Linha da Frente” conta a história dos ‘Meninos do Bombo’


O “Linha da Frente” esteve na Casa dos Rapazes em Viana do Castelo e acompanhou o dia-a-dia de crianças e jovens que lutam para vencer na vida.

‘Os Meninos do Bombo’ relata a história de jovens que conseguiram ultrapassar memorias dolorosas e que espantam tristezas através dos bombos.

A equipa de reportagem viveu durante uma semana na instituição com liberdade total para filmar e captou testemunhos inéditos de crianças e jovens que naquela cidade minhota tentam dar a volta à vida.

Esta noite a RTP1 dá a conhecer o Constantino que aos 14 não sabia ler ou escrever e que fazia assaltos à mão armada. Hoje é um dos melhores da turma. Há ainda o Bruno e o Ricardo, um quer ser arquitecto, outro mecânico. Os dois irmãos sonham que as profissões os possibilitem ajudar o pai, que não tem condições para os criar. Vamos ainda aprender com Roberto, que apesar de uma infância terrível hoje é o melhor na turma e diz que vai ser um dos melhores cozinheiros do país.

O estado paga cerca de 700 euros por cada criança institucionalizada. Um subsídio que perdem aos 23 mas na Casa dos Rapazes a crise não está a permitir que os jovens entrem no mercado de trabalho. O que acontece a estes jovens?

‘Os Meninos do Bombo’ uma grande reportagem de Patrícia Lucas, com imagem de António Antunes e edição de Miguel Teixeira.

“Linha da Frente”, esta noite às 21H, na RTP1.

Partilhe: Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Noticias relacionadas

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close