Luís Cunha Velho explica a opção por adaptações latinas e adianta que estratégia pode ser para continuar


TVI

Depois de largos anos a apostar em textos 100% nacionais, a TVI decidiu voltar a comprar guiões de novelas e adaptá-los à realidade portuguesa.

“Belmonte” terá sido a primeira incursão depois de alguns anos e segundo a imprensa da especialidade outras se devem seguir. “Dónde está Elisa?” e “El Ultimo Matrimonio Feliz” estão referenciados como prováveis produções num futuro próximo.

Alguns setores da Plural, produtora de novelas da Quatro foram críticos quanto ao regresso às adaptações e recentemente foi a vez de André Cerqueira também considerar que esta medida vai ter um custo e que a «identidade portuguesa está a perder-se».

Depois de algumas críticas à novela mais vista da TVI e uma das mais vistas da televisão portuguesa, Luís Cunha Velho decidiu intervir e explicar o porquê desta opção.

À TV7Dias, o responsável pela grelha da Quatro diz que «a TVI está a adaptar formatos internacionais, coisa que já fez no passado». Luís Cunha Velho vai mais longe e explica que «uma adaptação é pegar num formato de sucesso internacional, trazê-lo para Portugal e adaptá-lo, com um ou vários autores a pegarem nesse guião e a materializarem depois na produção portuguesa uma obra que foi feita internacionalmente».

O diretor da TVI diz ainda que nada é literal e não se trata de uma tradução: «Há sempre uma grande diferença» entre o original e o que a estação de Queluz exibe depois de tratar o texto.

O caminho que está a ser traçado não vai ser interrompido. «Se a melhor história que precisarmos no momento é um original estrangeiro, não tenho qualquer problema em ir buscá-lo», diz, acrescentando que «a TVI tem bons autores portugueses e eu estou muito satisfeito com eles em originais e adaptações estrangeiras».

Partilhe: Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Noticias relacionadas

  • LD

    Eu acho muito bem, já que ultimamente as novelas da TVI têm sido uma palhaçada. A começar na da santa, passando pela da princesa amnesica e acabando em destinos cruzados, que teve a liliane marise sequestrada desde o verão até esta semana. Vejo essa novela ocasionamente e acho que já devia ter terminado à muito tempo já que só anda a enrolar. Não vi Mundo ao Contrário logo não sei se foi boa, mas acho que todas as novelas deviam ter a mesma duração que essa teve. Já é triste na televisão portuguesa só darem novelas, novelas e novelas…

  • r

    Mundo ao Contrário foi uma boa novela,essa novela era para ser mais extensa devido ao maus resultados iniciais a TVI cancelou,depois a trama começou a ter mais audiências.

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close