Luís Marques chama «tsunami» a “Mar Salgado” e ridiculariza resultados de “Jardins Proibidos”


Luís Marques

Com uma média de 1 milhão e meio de espectadores fidelizados e a liderança segura na faixa, “Mar Salgado” está a agradar aos responsáveis da SIC.

Para comemorar o fenómeno em que a novela se está a tornar – já entrou para o Top das mais vistas do século, à condição – o elenco e equipa técnica juntaram-se para brindarem ao sucesso da trama escrita por Inês Gomes.

Luís Marques, diretor-geral da SIC era um dos mais efusivos e confessou que o facto da TVI ter estreado “Jardins Proibidos” uma semana antes fez a cúpula reunir-se para tomar decisões.

«Sempre nos mantivemos otimistas em como iríamos ganhar. Tanto assim é, que podíamos ter feito uma coisa que não fizemos: quando soubemos que a TVI ia antecipar a estreia dos “Jardins Proibidos” uma semana em relação àquilo que era a nossa data, nós reunimo-nos. Fizemos a pergunta ‘Vamos antecipar a nossa novela uma semana e ir para cima dos “Jardins Proibidos”?’ A nossa decisão foi não!», garantiu o responsável.

A data de estreia de “Mar Salgado” manteve-se porque, nas palavras de Marques, havia «a absoluta confiança que o “Mar Salgado” ia esmagar os “Jardins Proibidos”. E a verdade é que não só esmagou como, numa expressão mais apropriada, fez um tsunami sobre os Jardins Proibidos!».

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close