"

Luís Marques explica porque vai revolucionar daytime. Baixas audiências não são a razão!

Júlia Pinheiro e Luís Marques
Cerca de três anos depois de Júlia Pinheiro ter assumido as manhãs da estação de Carnaxide, Luís Marques quer revolucionar todo o daytime da SIC a partir de janeiro de 2014.

Para o diretor-geral da SIC, a mudança dos talk shows da SIC nada tem a ver com os baixos resultados de audiência, mas sim com a contenção de custos e por questões de comunicação.

Com o “Querida Júlia” a ser produzido pela Endemol e pelas Produções Clandestinas e o “Boa Tarde” pela equipa de Manolo Bello (antiga ComunicaSom), a estação de Carnaxide quer ter «uma produção a tratar dos dois projetos, o que não quer dizer que não tenha a sua própria equipa.»

Esta medida prende-se com «melhoria das questões de comunicação, queremos ter um único interlocutor» pois «é mais coerente, mas prático e permite uma melhor interacção», explica o responsável ao Diário de Noticias.

Com a possibilidade de eventuais mexidas na equipa de apresentadores assim como a transição de Conceição Lino para a informação, Luís Marques adia o assunto para depois das férias: «Estamos em fase de discutir todos os assuntos. Para já, estamos em períodos de férias.»

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close