Madalena Brandão: «Estamos a vestir muito a camisola.»

o beijo do escorpião

Madalena Brandão, que actualmente dá vida a ‘Marta’ na novela “O Beijo do Escorpião” e está ainda em “Os Nossos Dias” da RTP 1, falou à ‘Notícias TV’ sobre a sua personagem e sobre o ambiente vivido pela equipa.

Revela que construir a ‘Marta’ está a ser muito interessante e explica como é esse processo.

«[Está a ser] muito interessante, porque tinha feito uma personagem muito normal na RTP [‘Patrícia’ em “Os Nossos Dias”], sem muitas características radicais e, à partida, achei que ia ser difícil de descolar,  mas depois consegui encontrar a minha Marta, que nada tem a ver com o projecto anterior.», acrescentando que «consegui dar-lhe vida, e é uma personagem que não é nada banal. As personagem mais neutras são as mais difíceis. A mim exige-me mais trabalho. Conhecer as suas vivências, de onde ela vem, como é a vida desta mulher comum. Fiz a pesquisa de mais uma mulher real, e tentei encontrar dentro de mim a energia dela e foi muito giro.»

Madalena Brandão abordou ainda um tema muito importante em televisão: as audiências e falou sobre José Eduardo Moniz.

«Cruzei-me uma vez por acaso [com José Eduardo Moniz] e foi na altura da subida das audiências. Estávamos todos ‘yeh, conseguimos’. O que sinto neste projecto é que estamos a vestir muito a camisola. É muito: vamos lá fazer com que isto suba. E toda a gente apostou nisso e está empenhada.», contou a actriz.

Madalena confessa-se ainda «contente por saber que [as audiências] estão a subir e que o esforço é compensado.» mas revela que não se preocupa muito com as audiências e que, pessoalmente, não sente essa pressão.

«Estou mais focado no meu papel. Exige muita concentração. Como hoje tudo é muito rápido em televisão, o nosso pilar é mesmo a concentração, o trabalho de casa, de modo a que a nossa personagem não deixe de ser autêntica. Pessoalmente, não sinto [a pressão das audiências]. Quero é fazer um bom trabalho, que a minha personagem se mantenha nos eixos, porque não quero perdê-la. », explicou.

Partilhe: Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Noticias relacionadas

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close