‘Mães Adolescentes’ no “Perdidos e Achados”

São duas mães adolescentes, agora mulheres, que vamos voltar a encontrar no Perdidos e Achados desta semana. A Deolinda tinha 16 anos, e tem agora 24. A Liliana tinha 15 anos, e tem agora 20.

Em 1996, Deolinda Fernandes tinha 16 anos e vivia numa residência para mães adolescentes da Ajuda de Mãe, em Lisboa. Engravidou aos 15, numa altura em que já não estava a estudar. Quando a conhecemos, estava a dar os primeiros passos na maternidade. A bebé Iara ainda não tinha um ano de vida. Queria arranjar um trabalho, aprender a ser mãe, voltar a estudar, conseguir criar condições para viver com a filha sem a ajuda de técnicos especializados. No fundo, queria crescer depressa.

Liliana Mendes também engravidou com 15 anos, em 2009. Foi seguida na Unidade de Intervenção Precoce da Maternidade Bissaya Barreto, em Coimbra. Vivia numa aldeia perto de Seia, e tinha vontade de continuar a estudar para tirar o curso de Arquitetura e Design. Dizia que, apesar de precoce, a gravidez era desejada e planeada.

Para ver esta noite no “Jornal da Noite”.

Partilhe: Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Noticias relacionadas

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close