“Mar Salgado”: Ricardo Pereira regressa para um «novelão daqueles que marcam uma época»


Ricardo Pereira prepara-se para regressar aos ecrãs de Portugal como André, um dos protagonistas de “Mar Salgado”, a próxima novela da SIC.

Afastado de um elenco principal, na ficção nacional, desde “Perfeito Coração”, o ator deixa o Brasil para embarcar na substituta de “Sol de Inverno”.

Ao Zapping o ator justifica esta mudança: «A SIC já sabia que eu queria voltar, fosse com uma participação média, fosse com uma participação do início ao fim. Felizmente o timing foi perfeito e esta história era absolutamente irrecusável, só um motivo de força maior me levaria a negar. Tenho alguns projetos no Brasil, mas já avisei que não pode ser nada longo. Durante os próximos meses estou em modo “Mar Salgado”».

Mais uma vez como o herói da história, Ricardo Pereira faz de imediato a distinção: «Esta personagem nada tem a ver com o que já fiz, quer na SIC, quer na Globo. O André é um tipo que sofre por amor e tem muitas coisas mal resolvidas no passado».

O facto de ser mais uma vez protagonista não é visto como um fator negativo pelo ator: «Ser sempre protagonista ou sempre o malvado da história é indiferente. O que interessa é que sejam perfis e personalidades diferentes de personagem para personagem e aqui vão existir muitas surpresas».

Este é um reencontro de atores. Ricardo Pereira já trabalhou com Margarida Vila-Nova (“O Bairro da Fonte”), Joana Santos (“Dancin’ Days”) e José Fidalgo (“Perfeito Coração”), no entanto o grau de conhecimento é diferente: «Conheço todos os meus colegas protagonistas e já trabalhei com todos, uns mais diretamente do que outros. Isso facilita, mas o mais importante é a história».

A trama central de “Mar Salgado” foi um dos aliciantes para o sim do ator: «O drama central, que é onde eu estou mais envolvido, é uma história muito boa, mas a novela vai ter tantos e tantos pontos de interesse. Estou certo que vai ser um novelão daqueles que marcam uma época».

Partilhe: Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Noticias relacionadas

  • Fabien Silvano

    Quando li a sinopse desta história, não me cativou, ao contrário de Sol de Inverno, que me chamou logo à atenção. Esta história faz-me lembrar o tradicional cliché do Bom, do Mau e dos que estão a favor do Bom e dos que estão a favor do Mau. Conheço tantas histórias deste género e esta, para mim, é mais uma deste tipo. Os temas abordados nesta novela já os vi em muitas e vê-los outra vez vai cansar-me, ou seja, Homossexualidade, reencontros amorosos, adoção… Considero uma aposta mediana, visto que já houveram bastantes novelas com este enredo. Logo, não vou poder acompanhar esta novela, pelos motivos referidos. Peço desculpa, mas é a minha opinião.

    • Viciado em Séries

      E esta parece muito Jardins Proibidos, ela está grávida, mas a mãe ajuda o pai dos filhos a escondê-los que é para que ninguém saiba de quem é que é o filho e depois a mãe vai à procura dos filhos…

  • Miguel Ângelo Freiria

    Respeito a opinião. Mas isso é tudo muito relativo, todas as novelas têm heróis e antagonistas. Os temas que são tratados nas novelas até podem ter a mesma temática que em muitas outras, mas no entanto serem diferentes em real conteúdo. E a história central dos bons e maus é que muda… a forma como eles vivem os personagens e os objetivos das mesmas. Os núcleos que estão em redor da história principal tmb podem fazer grande diferença. E da sinopse até ao produto final a diferença é muito grande. Eu próprio não sei se vou acompanhar a novela, mas irei ver a estreia, pra dar oportunidade ao produto. *Porque julgar uma novela inteira através uma ou duas páginas de síntese da história central (pk muitas vezes não são referidos os restantes núcleos), não sei se será a melhor forma de julgamento…talvez dps do derradeiro episódio (a estreia que serve tmb para captar público) se faça juízos mais justos*… (*forma d “falar”*) 🙂

    • Fabien Silvano

      Sim, claro que sim. Eu estou a julgar o produto antes de o ver, apenas o que referi foi o facto desta sinopse não me chamar muito à atenção como por exemplo, Sol de Inverno ou Belmonte. Vejo sempre os primeiros episódios de novelas e séries em Portugal, seja na RTP1, RTP2, SIC ou TVI. Gosto de saber como representam as personagens e a história em si, sabendo que quero ser ator tenho de saber ver vários produtos de ficção e saber avaliá-los. Resumindo, vou ver o primeiro episódio desta novela para ver o produto na televisão, mas não tenho intenção de a acompanhar.

      • Miguel Ângelo Freiria

        Se queres ser ator vai em frente, força! 🙂

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close