“Marchas Populares” derrubam novelas e lideram durante quase toda a noite


Marchas Populares

Marchas Populares

Tânia Ribas de Oliveira e José Carlos Malato conquistaram a liderança das audiências durante praticamente toda a noite. Com as “Marchas Populares”, a RTP1 garantiu a liderança a partir do fim de “Amor Maior” e “Ouro Verde” até ao seu término.

Com inicio pelas 21h11, o “Santo António: Marchas Populares” marcaram 8.7% de audiência média e 21.6% de share, tendo sido acompanhado por cerca de 840 mil espectadores. Pelas 21h47, as “Marchas” bateram nos 12.4% de audiência média e nos 29.1% de share.

A RTP1 levou “Espelho D’Água” a mínimos de audiência. A novela da SIC ficou-se pelos 7.2% de audiência média (693 000 espectadores) e os 19.2% de share. “Espelho D’Água” também perdeu para “A Impostora” que marcou 8 pontos de rating (778 500 espectadores) e um share de 21%.

Na SIC, “A Força do Querer” também não se aguentou e marcou apenas 3.6% de audiência média e 14.9% de share. Com cerca de 350 mil espectadores, “A Força do Querer” conseguiu a vice-liderança, no entanto com o “Love on Top 5” por perto (3/13%).

Já “Novo Mundo” (1,6/10,6%) perdeu no confronto para o reality show, mas conseguiu superar o “Super Quiz”.

No ano passado, a RTP1 também transmitiu as “Marchas Populares”. O dia 12 de junho calhou a um domingo e a transmissão marcou em dados Live+Vosdal, 9.1% de audiência média (878 900 espectadores) e 25% de share.

Os dados apresentados são provisórios, da responsabilidade da CAEM/GfK e podem sofrer alterações. Inclui Vosdal.

Pode consultar mais dados no fórum Zapping.

Partilhe: Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close