Moniz quer final de “Jardins Proibidos” com ação e tragédia

jose eduardo moniz

António Barreira e Manuel Arouca já terminaram de escrever “Jardins Proibidos”.

Segundo a TV Guia, os dois autores deram três finais a José Eduardo Moniz, que já decidiu que quer para o último episódio, aquele que tem mais ação, o mais trágico e com maior impacto.

«As mortes fazem parte dos finais de muitas novelas e nos “Jardins Proibidos” vão ser surpreendentes», conta Pedro Granger à revista.

“Jardins Proibidos” chega ao fim nos últimos meses de 2015.

Partilhe: Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close