«Não é uma novela das 9», Sara Barradas fala de “Mundo ao Contrário”

Sara Barradas fala de “Mundo ao Contrário”

Sara Barradas vive a Catarina de “Mundo ao Contrário”, uma das protagonistas da história de João Matos que a TVI emite por volta da meia-noite.

Esta personagem não é considerada pela atriz o seu maior desafio da carreira: «Não sei se este é o meu maior desafio. Eu não gosto de dizer que é o maior porque, para mim, são todos especiais. Nós vamos evoluindo na nossa carreira, como em todas as carreira, em todas as profissões, portanto considero isto mais uma evolução. Não é o maior desafio. Espero que haja muitos mais, maiores, este´e o que é e está a ser maravilhoso», disse à revista Mariana.

O facto da TVI ter feito aceita fazer uma novela específica para o segundo horário é aplaudido pela jovem: «Esta é uma novela com temas controversos. Acho que, pela primeira vez, temos a certeza que vai ser transmitida num horário específico e isso deixou-nos arriscar um bocadinho mais», referiu.

Para Sara Barradas, “Mundo ao Contrário” jamais poderia ser a principal novela da estação, o que deu para abordar temáticas menos comuns: «Não é uma novela das 9, acho que foi isso que nos deu mais margem para arriscar nos temas controversos, como a droga e o sexo», esclareceu.

Quanto à produção, a atriz está satisfeita com o projeto e não consegue escolher o que de melhor a trama tem. «Gosto de tudo (…) é uma novela com mais ação e isso é bom, também nos dá emoção a nós, atores», declarou à revista da PressPeople.

A protagonizar cenas românticas com um estreante, Sara Barradas está contente com o seu par na ficção, Rodrigo Trindade: «Tem sido muito bom trabalhar com o Rodrigo. Ele é muito querido, muito novinho, muito inexperiente, mas está sedento de aprender e está a adorar».

Apesar dos seus 22 anos, a atriz tem uma longa carreira iniciada em 2002 com “Amanhecer”. O facto de já ter uma larga experiência não significa que possa ser professora: «Nunca fui professora dele [do Rodrigo Trindade]. Quem dou eu? Que horror. Professores são os meus outros colegas que me ensinam a mim». Mesmo sem querer ensinar, a experiência de 11 de televisão serve para poder passar alguns conhecimentos: «Posso passar a minha experiência e tento fazê-lo ao ajudá-lo ao máximo quando ele me pede ajuda, mas ele está a sair-se muito bem».

“Mundo ao Contrário” trata de temas controversos e está inserida no fictício Bairro da Pedra, um problemático bairro de Lisboa. Para dar corpo a Catarina, que vai viver para a zona, a atiz não precisou de grande preparação: «Sempre tive uma realidade muito humilde, cresci no Bairro Padre Cruz [em Lisboa] também conheço mais ou menos essa realidade», explicou.

De comum com Catarina, Sara Barradas tem a «simplicidade e a humildade». A separá-las, a atriz e a personagem têm o domínio pela informática. «É horrível quando tenho de estar a dizer coisas que têm a ver com informática, são as cenas que tenho de decorar mais, não percebo nada disso. Não tenho computador, não tenho Facebook, eu não sou desta era», terminou à revista Mariana.

Partilhe: Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Noticias relacionadas

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close