Não pagamos! RTP e TVI recusam pagar audiências à GfK


Audiências

Está longe de ter uma resolução pacífica a situação em torno da medição de audiências. Após o painel da GfK ter sido aprovado e da CAEM ter rejeitado uma auditoria pedida pela RTP e TVI, a estação de Queluz continua a usar os dados da Marktest pra divulgar as suas audiências.

Já a SIC utiliza os números da GfK, e afirma que vence o horário nobre nos dias da semana há quatro meses. Diferentes são os dados Marktest que dão a liderança no horário nobre, em abril, à TVI. A estação de Queluz vence no total do dia em ambos os painéis

Neste quesito, a RTP mantém-se ao lado da TVI. Segundo apurou o jornal Correio da Manhã, nenhum dos canais contestatários pagaram os serviços da GfK, o que poderá levar a empresa a pedir à Comissão de Análise de Estudos de Mercado (CAEM) que deixe de lhes fornecer dados.

A GfK aguarda, entretanto, pela realização da assembleia-geral da CAEM, que vai nomear uma nova direção. Luís Marques, diretor geral da SIC, deixa o cargo e passa o testemunho a António Casanova, da APAN (Associação Portuguesa de Anunciantes).

A TVI não entende a resistência da CAEM a uma auditoria externa ao sistema de audiências e sem esta validação não paga. «Estamos profundamente surpreendidos pela recusa de uma validação ao painel», referiu Luís Cunha Velho ao diário. Para o diretor da TVI, por uma questão de «transparência e de credibilidade» do sistema de audiências «é necessário fazer uma validação ao painel». Já fonte da RTP afirmou que não faz «quaisquer comentários até segunda-feira».

Entretanto a luta entre a SIC e a TVI deixou de ser exclusiva das generalistas e extravasou para o cabo. A estação de Queluz de Baixo emitiu um comunicado onde se lê que as suas estações de cabo (TVI 24, TVI Ficção e + TVI) já ultrapassaram a audiência dos temáticos SIC. A fonte continua a ser a Marktest.

Partilhe: Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Noticias relacionadas

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close