Nova Guerra na TVI: Judite de Sousa desmente José Alberto Carvalho

José Alberto Carvalho e Judite de Sousa estão novamente de costas voltadas

O processo disciplinar e a suspensão de Ana Leal continuam a dividir a direção de informação da TVI e a criar instabilidade na TVI, adianta a edição de hoje do Correio da Manhã.

Cerca de 65 jornalistas enviaram um abaixo-assinado à administração e ao diretor de informação, José Alberto Carvalho, depois deste ter assumido, em conselho de redação, a 3 de maio, que pediu a abertura de um inquérito e a suspensão de Ana Leal com base no «teor do pedido de esclarecimento» da jornalista pelo facto de uma peça sua não ter entrado no “Jornal das 8”.

Os jornalistas indignaram-se, ainda segundo o CM, com a revelação e consideram que o pedido de esclarecimento não põe em causa a «relação com a hierarquia», como alegou o diretor.

Segundo a ata, José Alberto Carvalho lamenta ainda que o Conselho de Redação «não tenha ouvido as partes envolvidas». Já o Conselho de Redação diz, em comunicado, que dispõe de todos os emails em que é o próprio diretor a «não autorizar» as audições.

Agora, Judite de Sousa enviou um esclarecimento a toda a redação onde afirma que foi «condenada» sem «nunca» ter sido ouvida. «Em nenhum momento deleguei competências de representação». Desta forama, a diretora-adjunta foi perentória a desmentir José Alberto Carvalho que se assumiu como seu representante na reunião tendo lido, inclusive, um alegado texto escrito por Judite de Sousa.

Partilhe: Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Noticias relacionadas

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close