Novembro 2017: TVI é o único canal a subir no consumo televisivo [Live+Vosdal]

"

Em novembro a TVI foi o único canal a contrariar a quebra de consumo televisivo registado em Portugal, tendo crescido 1% no total dia e 3% no prime time face a período homólogo. Ou seja, enquanto todos os canais portugueses, incluindo os do universo do Cabo, apresentam uma diminuição no tempo de seu visionamento, a TVI experimenta o fenómeno contrário: comparativamente com novembro do ano passado, os espectadores passam mais tempo a assistir a oferta de programação da TVI.

A TVI foi, pelo 136º mês consecutivo o canal mais visto, com um share de 21,5% em Universo (SIC com 17,7% e a RTP1 com 12,4%), de acordo com os dados da GfK.

No horário nobre a TVI mantem também a sua posição de líder ao registar 24,4% no Universo, e o mesmo se passou com o principal target comercial, Adultos – de 22,3% e 25,0%, no total do dia e horário nobre, respetivamente.

Nota de destaque também para a liderança no target ABCD 15/54 no prime time.

Informação:

Os blocos de informação continuaram a liderar perante os produtos concorrentes, com o “Jornal da Uma” a registar 631 mil espectadores e um share de 26% e o “Jornal das 8” a obter 1 milhão e 121 mil espectadores com um share de 24,6%.

Entretenimento:

“Masterchef Júnior”, estreou este mês ao domingo à noite, e obtém 1 milhão e 45 mil espectadores e 22% de share.
“Nunca Digas Nunca!”, o programa emitido aos sábados à tarde e que deu início às comemorações dos 25 anos da TVI, registou 649 mil espectadores e 20,8% de share.

“Apanha se Puderes” alcança uma quota de 25,5% e uma audiência média de 998 mil espectadores, valores de liderança absoluta no seu horário de exibição.

Nas manhãs, “Você na TV” continua a ter a preferência dos portugueses ao registar uma audiência média diária de 380 mil espectadores, correspondendo a um share de 29,1%. A mesma liderança de consumo para “A Tarde é Sua”, que registou 434 mil espectadores e um share de 19,1%, e o “Somos Portugal” que se reafirma como o programa líder indiscutível das tardes de domingo, tendo obtido uma audiência de 802 mil indivíduos e 24,2% de share.

Ficção:

“A Herdeira” registou uma audiência média de 1 milhão 368 mil espectadores e um share de 30,1% este mês, sendo a novela mais vista em prime-time na televisão portuguesa.

A novela “A Impostora”, que terminou ontem, obteve um excelente resultado: audiência média de 1 milhão e 48 mil espectadores e um share de 29,8%. Ao longo destes meses de exibição, o valor obtido foi de uma audiência média de 991 mil espectadores e um share de 25,8%.

Os dados apresentados são provisórios, da responsabilidade da CAEM/GfK e podem sofrer alterações. Inclui Vosdal.

Pode consultar mais dados no fórum Zapping.

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close