“O Beijo do Escorpião”: Lídia Franco não concorda com a morte de Madalena


Apanhada de surpresa com a saída da sua personagem de “O Beijo do Escorpião”, Lídia Franco lamenta a saída de cena Madalena.

A veterana confessa à TV Mais que gostava que a sofrida matriarca dos Albuquerque continuasse na trama da TVI para se fazer justiça. «Gostava que ela conseguisse dar a volta e libertar-se daquele homem horrível, para dar a esperança a tantas mulheres que sofrem este drama na vida real», conta.

Confrontada na rua com as cenas que têm ido para o ar na trama da Quatro onde a personagem sofre de violência doméstica nas mãos do marido, Henrique (Nicolau Breyner), a atriz refere que os populares pedem justiça: «Dizem-me que tenho de dar cabo do meu marido, de me ver livre dele».

Prestes a despedir-se de “O Beijo do Escorpião” – as cenas da morte já estão em pré-produção – Lídia Franco confessa que a abordagem na rua é dramática. «Há uns tempos, numa loja, umas senhoras começaram a falar da Madalena. Uma delas, quando soube que ela ia morrer, começou a chorar. Talvez isso a tocasse pessoalmente», contou à TV Mais.

Com o fim antecipado da participação de Lídia Franco em “O Beijo do Escorpião”, a atriz só pede uma personagem cómica: «Estou cansada de sofrer», confessa.

Partilhe: Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Noticias relacionadas

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close