“O Beijo do Escorpião”: resumo de 10 a 16 de fevereiro

Anterior1 de 6Seguinte

Episódio 7

Rita e Rafael correm a acudir Alice que desperta e desata a chorar por ter perdido todo o dinheiro que a irmã lhe deu. Rita não consegue reagir de outra forma e abraça a irmã com carinho e preocupação. Entra com a irmã a braços pelo centro e pede a Manuel que chame a polícia e que lhe envie as gravações do assalto à entrada do centro comercial. Rafael segue com Manuel, enquanto Hilário, Rosalinda, Vera e Nuno comentam a situação.

Alice é levada pela irmã para o gabinete da direção, onde esta lhe dá um chá para a acalmar. A jovem finge-se comovida e triste com tudo o que se passou, mas Rita diz-lhe para não pensar nisso agora. Alice, esboça um sorriso e um olhar maquiavélicos quando a irmã vira costas.

Depois de Marco ter deixado a conta da família a zeros, Ana vê-se obrigada a pedir um adiantamento de ordenado a Teresa. A psicóloga é compreensiva e, mais do que lhe adiantar o ordenado, dá-lhe alguns conselhos sobre como salvar o seu casamento. Teresa consegue fazer Ana esboçar um sorriso e isso deixa-a satisfeita. Manuel e Rafael voltam com a informação de que a polícia vem a caminho e com um DVD com a gravação do assalto. Alguns comerciantes comentam a situação. Rosalinda é a mais fervorosa de todos.

Ao entrarem no gabinete de Fernando, onde Rita e Alice se encontram, Rafael e Manuel trazem o DVD para visionarem. Alice mostra-se nervosa e a sua desculpa é que todo o dinheiro que a irmã lhe deu estava dentro daquela mala mas Rafael percebe que a ansiedade da rapariga vai mais além que isso.

As imagens passam no ecrã da televisão. Manuel constata que sem a matrícula e sem a cara do assaltante visíveis, será muito complicado descobrir quem foi. Rafael pede para ver as imagens e Rita assente. Rafael percebe de imediato quem foi e, intencionalmente, vai dando algumas indiretas que fazem Alice ver que ele já percebeu que tudo fazia parte do seu plano. Alice manda-o estar calado.

A polícia chega e é encaminhada diretamente para o gabinete da administração, onde Rita e Alice os esperam. Hilário só tem pena que esta situação não tenha acontecido à sua Tina Castelo, pois isso sim daria notícia e audiências a toda a família!

Depois do interrogatório da polícia, Alice pede para ir para casa. A irmã diz que a leva mas ao perceber a aflição da rapariga, Rafael decide intervir e dizer que leva a namorada a casa. No entanto, Rita decide que passa em casa de Alice mais tarde para levar algumas coisas do supermercado e para conversarem as duas. Alice não consegue evitar.

Vendo Alice sair do shopping pela mão de Rafael, todos mostram alguma pena pela rapariga. Todos menos Tina, que diz conhecer muito bem aquela ¿sonsa¿ e que ela não é flor que se cheire.

Antes de sair para trabalhar, Henrique diz à filha que quer que esta vigie a mãe, pois acha que Madalena se anda a encontrar às escondidas com Becas. Natália fica relutante em relação ao assunto e diz ao pai que talvez até seja bom para ambas poderem encontrar-se neste período tão importante para a irmã, mas Henrique é peremptório e Natália, resignada, promete que irá tomar conta da mãe.

Logo pela manhã, Madalena começa a beber o seu gin enquanto vê fotografias do passado, nostálgica. Ofélia tenta convencer a patroa a comer alguma coisa mas sem sucesso. A mulher de Henrique está demasiado em baixo com o desmoronamento que a sua família está a ter. Ricardo aparece e tenta consolar um pouco a mãe mas sem grande sucesso.

Enquanto a decadência de Madalena é cada vez mais eminente, Becas vai falar com a amiga Teresa e desabafa, dizendo que tem a certeza que a mãe é vítima de violência física por parte de Henrique. Teresa fica em choque e diz que têm de denunciar este caso às autoridades mas Becas tem medo de represálias do pai para com a mãe.

Fernando chega ao escritório já informado com tudo o que se passou. Rita está ainda em choque e cheia de pena da irmã e confessa ao marido que acha que Alice não lhe está a contar tudo: a situação em que vive é de tal modo má que Rita tem medo que Alice se envolva em esquemas para conseguir dinheiro e, decide que à tarde a vai visitar. O marido apoia-a em tudo.

De regresso a casa, Kiko entrega a Alice a sua mala e esta garante-lhe que depois jantam juntos. Rafael está chocado com tudo o que a namorada é capaz de fazer e diz-lhe que ela só pode ter enlouquecido. Alice faz o seu jogo muito bem feito e consegue pôr Rafael a sentir-se culpado por tudo o que lhe está a acontecer. Romão interpela Rita no parque de estacionamento do shopping. O marido de Natália não consegue conceber o facto de Rita não ceder aos seus encantos. Tenta provocá-la mas Rita ignora-o.

No casebre de D. Laurinda, onde Alice finge morar, Rita visita a irmã e leva-lhe alguma comida do supermercado. Alice agradece com um ar sofrido. A irmã conta-lhe a decisão que tomou de ir falar com o senhorio da sua casa antiga para a deixar voltar para lá. Alice simula uma tontura e cai desmaiada no chão, para pânico da irmã.

Anterior1 de 6Seguinte
Partilhe: Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Noticias relacionadas

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close