«O jogo é uma coisa que para mim é chata», Teresa Guilherme

«O jogo é uma coisa que para mim é chata»

A menos de duas semanas de chegar ao fim, o “Secret Story 3” continua ao rubro. Teresa Guilherme que apresenta o formato desde o ano passado confessa à TV Mais que a presente edição é muito diferente do “Secret Story 2”

«É uma edição muito diferente da outra, mas se fosse igual não tinha graça. Está a ser bombástica! Esta é mais para a discussão, a outra foi mais para o amor, mas, na verdade, agora há mais casais», conta à revista.

A apresentadora do polémico reality show considera que os concorrentes que entraram este ano para a “Casa dos Segredos” «são mais jogadores. Desde o princípio que discutem o jogo, que é uma coisa que para mim é chata.»

Conhecida como a santa casamenteira, Teresa Guilherme lamenta que estes «em vez de quererem ser finalistas, querem ganhar, por isso, cada vez que um sai, perde realmente. Os anteriores diziam ‘ganhei, fiquei algum tempo, foi uma grande experiência’. Estes não», não aproveitando, assim, a aventura e a experiência do programa.

Partilhe: Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Noticias relacionadas

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close