“O Poder do Amor” estreia com picos de liderança


A SIC estreou ontem “O Poder do Amor”. O programa de Bárbara Guimarães teve um comportamento crescente e chegou a liderar audiências. Na média geral ficou na vice-liderança.

O formato que coloca casais a competir entre si registou 9.4 de audiência média e 20.6% de share. “O Poder do Amor” prendeu 912.800 espectadores em média.

O pico da nova proposta da SIC foi também o maior do canal e foi registado às 22h50 (13.6 de rating e 27.9% de share).

Na TVI, o “Rising Star” alternou entre a primeira e a segunda posição e fechou, em média, na frente. O talent show registou 12.2/27.2% (1 milhão e 181 mil espectadores em média).

A RTP1 “Europeias 2014: A Decisão” registou 7.5/14.9%. A estação pública cativou 721.600 espectadores em média.

Pode consultar mais dados no fórum Zapping.

Os dados apresentados são da responsabilidade da CAEM/GfK.

Partilhe: Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Noticias relacionadas

  • Miguel

    Rising Star é um flop – lidera mas por pouco, e foi um grande investimento da TVI. Mas merece as audiências que tem, pois tirando a inovação da forma de votar, os cantores são medianos cantores de karaoke e não há ali nenhuma “próxima estrela” coisíssima nenhuma, apenas mais do mesmo.

    • mattos

      Explica la como um suposto flop consegue liderar?
      Sao palavras tuas..
      um flop nunca lidera,tipo sabadabadao,portugal em festa,a prova do amor,o vale tudo,o toca a mexer…
      Isso sim,sao flops pois tem audiencias miseraveis..
      Agora o rising star pode nao ter audiencias brutais mas as que tem chegam para vencer a concorrencia.ponto.

      Menos,tá,mas é que muito menos!

  • Faça Amor, Não Faça Guerra

    O programa de ontem já foi melhor, o que é natural, visto que começou uma nova fase. Devo dar os meus parabéns à TVI por ter transmitido primeiro os melhores cantores e os piores só ao final da noite. Houve, porém, na minha opinião, uma desvantagem ao fazer essa estratégia. Houve dois duelos em que ambos mereciam passar por agora, mas houve um que dispensava ambos os concorrentes. Enfim, no “The Voice” também há duelos deste género. Quando isto acontece, eu só penso “Bem, no fim só vence um, não é? Se este fraco passou agora, na próxima…”.
    Mas ontem já vi gente capaz de ser “A Próxima Estrela” (que eu não acredito que vá mesmo ser, não por causa da sua qualidade como cantor, mas porque eles depois são esquecidos… O Berg por exemplo não ia lançar um CD? O rapaz que cantava rap, que não me lembro do nome, tinha letras suficientes às tantas para dois CD’s e era bem capaz de fazer sucesso entre os públicos infantil e adolescente, pelo menos).
    Deixai-me concluir declarando que ontem eu já vi pelo menos um com o factor X lol.

    • Hugo M.

      Os produtores disseram que íam organizar concertos pelo país e pelo estrangeiro, e que íam dar o reconhecimento que fosse necessário para que ” próxima estrela” não seja esquecida. E se for assim, eu vou gostar de ver.

      • Faça Amor, Não Faça Guerra

        Ah, fazem eles muito bem! 🙂
        Se bem que a SIC também fez uma tournée pelo país uma vez com uns concorrentes dos Ídolos… mas mesmo assim, eles fazem bem.
        Obrigado pela informação!

  • r

    Penso que a SIC errou o formato devia ser em DIRETO isso sim.
    as provas deviam ser em direto rendia bem mais a SIC

  • tv é tv

    Adoro o RISING STAR e hoje após visualizar o PODER DO AMOR não gostei nada, é também de louvar o facto de ontem o programa da TVI ter sido o melhor de sempre.

  • opinião

    O programa da TVI é bom. Peca bastante pelo tempo de conversa, que já é habitual neste tipo de programas, mas que neste caso ainda é mais por causa do check-in. Isto faz as pessoas mudar de canal, porque ninguém está para ouvir sempre a mesma conversa e os 4 jurados a dizer a mesma coisa e por vezes nada de jeito. Bom bom era a TVI fazer outro Fear Factor à séria para o sábado. E uma Quinta das Celebridades ou Survivor com famosos para o Domingo. Isso é que era! Da casa dos segredos sai audiências, mas também sai muito lixo… Cada edição é uma resma de concorrentes piores que os anteriores, e no fim ainda vão repescar os antigos que já não se podem ver à frente. Por acaso até achei piada ao programa da SIC, que pensei que não ia gostar.

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close