Odisseia exibe “Maratona Freakshow”


A pensar nos espectadores que perderam os primeiros episódios da série ou naqueles que gostariam de a rever, o Odisseia exibe segunda-feira, dia 26 de Maio, às 21h15, a “Maratona Freakshow”, composta pela exibição dos oito episódios que compõem o reality show mais extraordinário da televisão portuguesa.

Fanático por espetáculos bizarros, inspirados nos antigos circos, Todd Ray, assume desde 2006 a coordenação de um espaço de devoção a todas as criaturas verdadeiramente excecionais, dando origem ao “Freakshow”. Depois de uma vida de sucesso ligada à indústria musical, decidiu focar-se naquilo que é a sua verdadeira paixão: reunir num só local as maiores extravagâncias, como, por exemplo, animais de duas cabeças, objetos estranhos, artistas excêntricos e prodígios humanos.

Estavam lançadas as bases do “The Venice Beach Freakshow”, situado no passeio marítimo da tão conhecida praia californiana, onde Todd e a sua esposa Danielle abrem as portas e os corações a gente extraordinária e a todos aqueles que, orgulhosamente se denominam de aberração, tendo-se tornado no lar das pessoas e animais mais estranhos do mundo.

Ao longo de oito episódios, de 30 minutos, o Odisseia revela os estranhos hábitos de Ray, entre os quais o fanatismo em colecionar animais com duas cabeças, que lhe garantiu entrada para o “Guiness World Records”. Basta ser alertado sobre o nascimento de um animal desse tipo que o “colecionador” viaja em busca das estranhas criaturas.

Com o indiscutível selo de qualidade da AMC e realização de Paul Dzilvelis, Greg Johnston e Todd Ray, o Odisseia apresenta esta estreia inédita em Portugal que acompanha o dia a dia do “Venice Beach Freakshow”, um autêntico espetáculo de fenómenos no qual ser normal é sempre relativo.

O “Dragão Barbudo com Duas Cabeças” é o episódio que inaugura a série e que acompanha o planeamento do aniversário de Poncho e Lefty, o dragão barbudo com duas cabeças que ultrapassou em três anos o prazo de sobrevivência inicialmente apresentado. Para a festa, Ray convida George Bell, um gigante de 2,33 metros (o homem mais alto da América) e Jessa, uma mulher barbuda de São Francisco, que passarão a integrar a trupe.

No segundo episódio “Os Engolidores de Espadas” relata uma festa dedicada a esta atividade, onde os ânimos não demoram a exaltar-se com Murrugan, Brianna e Morgue a desafiarem a morte para superar os adversários. Em busca pelo reconhecimento dos seus companheiros de atuação, Asia tenta aprender a arte de engolir espadas, na esperança de participar também no evento.

“O Bebé de Duas Cabeças”, “A Almofada de Alfinetes Humana”, “O Casamento Minúsculo”, “O Concurso de Homens Fortes”, “As Aberrações da Natureza” e “O Festival Freakshow”, são os episódios que se seguem.

Em 2012, Todd Ray liderou um grupo de pessoas autodenominadas “esquisitas”, determinadas em retirar a palavra normal do dicionário anglo-saxónico, tendo fundado o movimento “Say No to Normal” (“Diga não ao Normal”, em português). “Este é um dos temas que mais diferenciam as pessoas (…) se já foi jovem e sentiu que não era bom o suficiente ao comparar-se com pessoas “comuns”, então entenderá como é sentir-se “diferente”, referiu ao Huffington Post.

 

A equipa

Todd Ray. É o impulsivo capitão do Venice Beach Freakshow, provavelmente o museu mais estranho do mundo. Com uma carreira de êxito como produtor musical, ao lado de artistas como Mick Jagger ou Santana, Todd largou tudo para perseguir a verdadeira paixão da sua vida, as coisas extravagantes, os animais únicos ou as pessoas com traços fisiológicos invulgares e talentos assombrosos. Nascia assim o Freakshow, no ano de 2006. O seu intenso entusiasmo e a sua curiosidade insaciável marcam a linha do espetáculo.

Danielle Ray. É a mulher de Todd e estão juntos desde que ela tinha 17 anos. Nascida em Brooklyn, de ascendência italiana e muito supersticiosa, Danielle encarrega-se de dar as boas-vindas aos visitantes, com Rocky, o estranho cão de cinco patas da família. Face ao idealismo do marido, Danielle confere pragmatismo ao casamento e tenta controlar a veia esbanjadora de Todd, algo que ocorre com relativa frequência.

Asia Ray. É a alegre e carismática filha de Todd e Danielle, tem 20 anos. Acumula os estudos com as suas atuações no Freakshow, onde interpreta a Rapariga de Borracha e a Mulher Elétrica. Além disso, começou a desenvolver um número de engolidora de fogo. A sua delicada figura e o seu vestuário retro inspirado nos anos quarenta fazem as delícias dos espetadores mais nostálgicos.

Phoenix Ray. Tem 16 anos e é o filho mais novo de Todd e Danielle. Apesar do seu comportamento um tanto errático, é já sócio do espetáculo. Acumula os estudos durante a semana com o trabalho no Freakshow ao fim de semana, onde é o encarregue da bilheteira. Como qualquer adolescente, Phoenix debate-se entre o negócio familiar e a vontade de se divertir com os amigos.

“A Assombrosa Ali” Chapman. Chegou a Venice no ano de 2012, depois de contactar Todd através de uma rede social da Internet. Com um escasso metro de altura, Ali é o rosto acolhedor e amistoso do Freakshow, saudando os clientes ao entrar e fazendo fotos com eles no interior. Além disso, está encarregue de conduzir o espetáculo, apresenta os artistas e entretém o público entre as diferentes atuações.

George Bell. Com 2,33m de altura, é considerado atualmente o segundo homem mais alto dos Estados Unidos. O papel dele no Venice Beach Freakshow consiste principalmente em relacionar-se com os clientes, responder às típicas questões sobre a sua estatura e deixar-se fotografar com eles. A parte positiva é que isso também lhe dá tempo para desfrutar das atrações, como espetador.

Marcus “A Criatura”. É um dos indivíduos mais tatuados e perfurados do mundo, a grande maioria das intervenções foram feitas pelo próprio graças à sua condição de ambidextro. As tatuagens são o filme da sua vida. A combinação de um corpo artístico único e de uma personalidade aberta tornaram-no num dos favoritos do público. Considera Todd e Danielle como pais e tem dois filhos pequenos.

Morgue. Com a sua estética gótica e o seu inquietante nome artístico, estamos perante uma personagem que não deixa ninguém indiferente. Apaixonado por magia desde criança, com o passar do tempo foi incorporando novos elementos no seu espetáculo, como brocas, ganchos e todo o tipo de agulhas, que utiliza para perfurar o corpo perante o olhar incrédulo dos espectadores.

 

Partilhe: Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Noticias relacionadas

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close