“Onde Está Elisa?”: Resumo dos próximos episódios

"

Episódio 2 (17 a 23 de setembro)

Carlos tenta acalmar Rui, dizendo que o vestido não confirma nada, enquanto Raquel consola Francisca. Rui exalta-se com Carlos, mas acaba por seguir os conselhos deste e levar Francisca dali.

Olívia, Constança, Inácio e Bruno interrogam Sebastião e Gonçalo, mas este acaba por dizer que não acredita que Sebastião tenha alguma coisa a ver com desaparecimento da prima.

Rui e Francisca vêm a chegar a casa, quando veem o portão da mesma cheia de jornalistas, entre os quais Ana. Rui e Francisca furam com o carro por entre os jornalistas, não respondendo às perguntas de nenhum.

No Café Caligari, Sandra e Manuel veem televisão.

Na televisão, aparece o tumulto dos jornalistas à porta dos Menezes.

Sandra vê uma foto de Elisa na televisão e pergunta a Manuel se aquela rapariga não esteve já ali, mas Manuel faz-se de desentendido e diz que se recorda vagamente, mas não sabia de quem ela era filha.

A família Menezes está reunida com Carlos e Raquel, que contam que o vestido e o telemóvel de Elisa vão ser analisados pela polícia científica. Rui recebe uma chamada e ouve-se a voz de Alberto a dizer que tem a Elisa. Rui sai da sala tentando não levantar suspeitas.

Rui entra no quarto a falar ao telemóvel e Alberto diz-lhe para ele seguir todas as suas instruções. Quando desliga, Francisca quer saber por que é que ele saiu da sala e quem era, mas Rui mente e diz que era da Fundação. Francisca diz que tem medo que a filha esteja morta, mas Rui diz que ela está viva e pede- lhe para confiar nele.

Carlos e Raquel saem de casa e Carlos comenta a atitude suspeita de Rui. Raquel não acredita que ele fosse esconder um telefonema que pudesse ter a ver com a filha. Ana observa os dois.

No bar de strip, Yuri afasta-se de um cliente para ir ter com Carlos, que quer ver fora do seu bar, mas Carlos diz que veio beber um copo e os dois trocam umas palavras mais duras. Elena observa tudo a um canto.

Carlos dorme, agitado com um pesadelo.

Dois anos antes, Carlos chega a casa a chamar pela mulher e pela filha, ficando alarmado ao ver vestígios de assalto na sala.

Carlos entra no quarto de arma em punho e solta um grito de horror ao descobrir a mulher e a filha mortas.

Carlos acorda do pesadelo com o mesmo grito de horror.

Carlos chega à sala e serve-se duma bebida.

Yuri e Vânia fazem contas no bar de strip e Yuri diz-lhe que Carlos esteve lá na noite anterior, mas Vânia diz a Yuri para se livrar dele, porque não é bom ter um PJ a frequentar o espaço.

Rui para o carro junto a um miradouro e recebe uma chamada de Alberto, exigindo falar com a filha.

O apartamento de Alberto está na penumbra e nunca vemos Alberto, que usa um aparelho para disfarçar a voz e diz que Rui ali não quer nada, pois quem quer é ele e quer que Rui sofra muito.

Carlos, Júlio e Cosme analisam o vestido de Elisa, quando entra Raquel a dizer que na noite anterior levantaram dinheiro da conta de Elisa numa bomba de gasolina, onde foi abandonado um carro que havia sido roubado quase à porta da discoteca na noite em que Elisa desapareceu.

Carlos e Raquel estão na bomba de gasolina, onde verificam o carro roubado ali abandonado, se certificam que têm as imagens das câmaras de vigilância e Carlos vê que a fechadura da casa de banho das mulheres foi mexida e abre a porta a pontapé.

Carlos e Raquel entram na casa de banho, onde veem cabelo cortado igual ao de Elisa e cogitam a hipótese de ser dela.

Rui chega a casa quando as irmãs, cunhadas e sobrinhos se estão a despedir de Francisca e fica espantado por se irem embora.

Carlos e Raquel examinam as imagens da câmara da bomba.

Nos monitores, aparece alguém, que parece um rapaz, para ir levantar dinheiro, mas conseguem congelar a imagem num ângulo em que veem que é Elisa quem está a levantar dinheiro.

Carlos conta a Francisca e Rui o que viram nas imagens e diz que só há duas hipóteses: ou Elisa fugiu de casa ou foi raptada e, nesse caso, os raptores devem entrar em contacto em breve. Rui fica muito incomodado com estas afirmações.

Bruno e Constança discutem por causa de trabalho, já que nenhum dos dois quer ficar em casa com os miúdos. Constança mostra-se muito pragmática, dizendo ao marido que os miúdos ficam com a empregada e deixando-o furioso.

Inácio quer que Sebastião lhe conte o que anda a esconder, mas este manda o pai meter-se na sua vida. Inácio queixa-se a Olívia que o filho é um mal-educado. Alexandra aparece de surpresa em casa deles e Olívia trata-a com frieza, o que é recíproco.

Carlos fala com Tiago, o diretor da PJ, e diz-lhe que tudo indica que a miúda fugiu, mas pode também ter sido rapto e que era bom ter os telefones dos Menezes sob escuta, recebendo luz verde de Tiago.

Matilde e Gonçalo veem notícias sobre Elisa na televisão.

O jornalista diz que continua por esclarecer o desaparecimento de Elisa.

Gonçalo pede à irmã que mude de canal, mas Matilde recusa e Gonçalo sai irritado.

Manuel diz a Ana que os Menezes são honestos e que ele próprio recebeu apoio da Fundação. Ana quer saber mais coisas sobre esse apoio, mas Manuel desvia a conversa e pede- lhe que lhe fale da miúda desaparecida.

Raquel entra no gabinete onde estão Carlos e Júlio e diz que o cabelo encontrado na bomba é de Elisa. Carlos diz que tem autorização para pôr os telefones dos Menezes sob escuta e manda Raquel tratar disso.

Inácio chega com Alexandra ao atelier de arquitetura e Bruno fica muito satisfeito ao vê-la. Inácio e Bruno acabam por dar emprego a Alexandra ali no atelier.

Carlos quer enviar uma foto de Elisa com a nova aparência para todas as esquadras. Júlio informa-os de que Francisca veio buscar o portátil e o diário da filha.

Rui entra no quarto e atende uma chamada.

Alberto (sempre sem nunca ser visto) exige dois milhões de euros a Rui para essa noite.

Rui diz que isso é impossível e Alberto diz que se ele não fizer o que ele quer nem seguir todas as suas instruções mata Elisa.

Francisca vê as imagens da bomba e reconhece a filha, mas diz a Carlos que não entende porque ela está tão diferente. Carlos diz que Elisa está viva e isso é uma boa notícia. Júlio sai para acompanhar Francisca ao carro e Raquel diz a Carlos que as escutas já deram resultados: Rui recebeu um pedido de resgate de dois milhões de euros.

Páginas: 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close