«Passados 7 meses começava finalmente a mostrar resultados», reage Rita Ferro Rodrigues ao fim do “Juntos à Tarde”


Juntos à Tarde

Rita Ferro Rodrigues e João Baião apresentam o “Juntos à Tarde” da SIC

Insatisfeita com os resultados, a SIC decidiu terminar com o “Juntos à Tarde”. O programa de Rita Ferro Rodrigues e João Baião não correspondeu às expectativas dos novos diretores de programas do canal.

Estreado a 1 de março, o “Juntos à Tarde” começou por ser emitido das 16h às 19h. No arranque do verão, perdeu meia hora, começando apenas as 16h30. Já  a meio do verão e até à estreia do “Linha Aberta”, Rita Ferro Rodrigues e João Baião estiveram em direto durante toda a tarde até ao “Jornal da Noite”.

Após o anúncio do término do “Juntos à Tarde”, Rita Ferro Rodrigues reagiu à decisão da SIC. A apresentadora mostra-se contra a estratégia, ao defender os valores do talk show da tarde: «passados 7 meses começava finalmente a mostrar resultados».

«Neste horário, é preciso tempo, humildade, muita dedicação e empenho para se reconquistar a confiança dos espectadores. Sinto que estávamos agora a começar a nossa aventura e por isso não posso deixar de agradecer a todos aqueles e aquelas que nos acompanharam em suas casas, com carinho e entusiasmo, acreditando na nossa capacidade e na diferença de conteúdos propostos», desabafa.

Rita Ferro Rodrigues é aposta firma no daytime da SIC, desde 2006, quando Francisco Penim a convidou para comandar o “Contacto” ao lado de Nuno Graciano e Cláudia Semedo. Em 2009, assumiu as manhãs com o “Companhia das Manhãs” até ao regresso de Júlia Pinheiro à SIC. Outra vez, ao lado de Nuno Graciano, o formato vinha a conquistar números bastante positivos nas manhãs.

Leia o desabafo de Rita Ferro Rodrigues no Facebook:

Devo uma palavra a todas as pessoas que acompanham o meu trabalho e em particular, aos espectadores da Sic e do programa “Juntos à Tarde”. Em 15 anos de trabalho na Sic, nunca comentei publicamente a estratégia da minha estação, defendi -a sempre com lealdade e espírito de sacrifício e não é agora que vou quebrar esses princípios ( que são os que me norteiam não só como profissional mas sobretudo como pessoa). Por isso, sobre as razões que determinam o final do programa, não falarei publicamente.

É público ( a estação já o comunicou ) o programa da tarde que tenho a honra de co-apresentar vai terminar.
Dou a cara por uma equipa de profissionais valiosos que deram tudo por este programa (que passados 7 meses começava, finalmente a mostrar resultados). Neste horário, é preciso tempo, humildade, muita dedicação e empenho para se reconquistar a confiança dos espectadores. Sinto que estávamos agora a começar a nossa aventura e por isso não posso deixar de agradecer a todos aqueles e aquelas que nos acompanharam em suas casas, com carinho e entusiasmo, acreditando na nossa capacidade e na diferença de conteúdos propostos. A esse público, o meu mais profundo e comovido agradecimento. É convosco no coração que trabalho e trabalharei sempre.
Um agradecimento muito especial à Gabriela Sobral e ao Luis Proença que em nós acreditaram e confiaram.
À equipa de jornalistas, produtores, Guarda- Roupa, maquilhadores, cabeleireiros, técnicos de som, câmaras, realizadores (a nossa gente! ) o meu agradecimento e profundo respeito : sois os maiores e os melhores.

Ao meu querido João Baião um abraço apenas. A nossa dupla na vida tem 20 anos e mais 20 se seguirão, sempre em luz e cumplicidade.

Podem contar com o meu sorriso, alegria e total empenho e tranquilidade até ao último programa.
Um beijinho da vossa,
Rita

 

Partilhe: Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close