“Perdidos e Achados” recorda a história de bebé raptado

No “Perdidos e Achados” desta semana, a SIC recorda a história de Tiago André, o bebé que foi raptado no hospital de Guimarães.

A aflição durou quatro dias. Mas a tristeza deu lugar à festa, quando o bebé apareceu a cerca de cinco quilómetros do hospital, no santuário da Senhora da Penha. Os pais não tiveram dúvidas no momento em que viram o bebé. O Tiago André estava de regresso a casa.

Dez anos depois, o “Perdidos e Achados” encontrou a família a viver no mesmo local. Até que ponto o rapto terá deixado marcas na vida destas pessoas?

Para ver, sábado, no “Jornal da Noite”.

Partilhe: Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Noticias relacionadas

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close