"

“Portugal na Grande Guerra” estreia esta semana na RTP1


Portugal na Grande Guerra

“Portugal na Grande Guerra” é aposta da RTP1

Esta sexta, dia 16 de novembro, às 23h30 a RTP1 estreia “Portugal na Grande Guerra”, o relato da presença portuguesa no conflito.

No mês que em que se celebra o  centenário do fim da Primeira Grande Guerra a RTP1 emite  a série documental, de três episódios, “Portugal na Grande Guerra”.

Nesta série documental procuramos efetuar a narração dos eventos e a sua contextualização nas dinâmicas sociais, económicas e culturais da participação portuguesa na Primeira Grande Guerra.

Um trabalho que conta com um elevado número de depoimentos de investigadores, especialistas e de descendentes dos militares e civis envolvidos no conflito que nos irão permitir conhecer e ilustrar algumas das teses e controvérsias que surgiram relativamente à participação portuguesa neste conflito internacional.

Através de documentos e objetos provenientes de espólios privados, empresariais e institucionais iremos analisar de forma pormenorizada alguns eventos e situações descritas pelos participantes na Primeira Guerra Mundial  e efetuar a sua comparação  com as interpretações contemporâneas deste conflito.

No primeiro episódio: “Penhorados ao Destino”

Conta com a participação de especialistas como António José Telo, Luís Ribeiro de Meneses, Nuno Severiano Teixeira, Miguel Bandeira Jerónimo, Ana Paula Pires, Bruno Gonçalves Neves, António Pedro Vicente, Eduardo Lourenço, entre muitos outros.

Ao longo deste episódio vamos falar de alguns temas que marcaram a participação portuguesa na Primeira Guerra Mundial. O envio de tropas para Angola e Moçambique, a capacidade bélica de Portugal e a experiência das campanhas de pacificação. Um breve retrato da instabilidade governativa e social da I República. O consenso em torno da intervenção colonial e motivações de ordem interna e externa para a beligerância ativa de Portugal na frente ocidental da guerra. Divisão da sociedade portuguesa em torno da participação na Grande Guerra. A defesa do Império português. A declaração de guerra da Alemanha a Portugal. A preparação militar em Tancos e o esforço de propaganda em torno da mobilização; a tradição fotográfica de até então e o pioneirismo de Arnaldo Garcez como repórter de guerra. As reservas britânicas quanto à impreparação e incapacidade de Portugal para participar na frente ocidental de guerra. A inadequação do treino militar português para a nova guerra das trincheiras e a falta de recursos de Portugal para manter a maior força expedicionária da sua história.

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close