“Prisioneira”: Resumo dos próximos episódios

"

Episódio 21 (17 a 23 de junho)

Júlio entra em casa transtornado e parte a moldura com a foto de casamento com Lídia. Mário tenta fazer ver a Letícia que o caso é sério e que ela deve focar-se, para que ele a possa ajudar. Letícia começa a contar o que se passou e diz que tudo começou com uma infeliz coincidência.

Vitória prepara-se para sair quando o chefe lhe pede para mostrar a mala, e fica chocada por ele encontrar um envelope com dinheiro. Teresa que observa tudo, sente-se culpada.

Teresa promete ajudar Vitória e ela acaba por revelar algumas informações que interessam à polícia. Vítor ri-se por Lídia ter fugido dele e ter arranjado um marido ainda pior, e lembra-a que foi aquele negócio que a sustentou a vida toda.

Mário avisa Letícia que provavelmente não a vão deixar voltar para casa e ela queixa-se da forma como está a ser tratada. Omar pergunta a Teresa se conhece Vitória, e ela assente que a conheceu por acaso, depois de ter sido acusada de roubo no aeroporto. Teresa diz que teve pena dela e ajudou-a e Omar fica emocionado com o gesto dela.

Teresa entra no quarto e liga a Diogo e confessa que não sabe se consegue continuar a enganar o namorado. Omar surge e estranha que Teresa se tenha fechado no quarto e Teresa explica que estava a falar de trabalho e Omar confisca-lhe o telemóvel, para descansar.

Henrique tenta fazer chantagem com Margarida, e esta afirma que não pode fazer nada no caso de Letícia. Mário pergunta a Leonor como está o caso de Graça e se houve mesmo assédio, e a advogada fica surpreendida pela forma como Mário fala da mulher e ele decide abrir o jogo.

Leonor e Mário estão quase a beijar-se, quando entra Henrique. Chaves avisa James que está tudo controlado, mas que vão fazer uma busca na WhiteShell e é aconselhável fazer desaparecer qualquer indício que esteja associado ao atentado no aeroporto.

Leonor tenta perceber por que motivo não foi Mário a ficar com o caso de Graça e esta revela que o casamento não está na melhor fase e Leonor finge-se surpreendida. Graça continua a fazer queixas de Mário e Leonor já não consegue disfarçar o embaraço.

Leonor vai ao hostel e diz a Glória que precisa de falar com ela sobre o que se passou com Graça. Glória chega a casa e  conta a Fredy que ficou com a sensação de que Tomé desconfia que o ataque a Graça foi encenado, e garante que não teve nada com ele. Teresa inventa uma desculpa e vai a casa de Diogo e conta que já é amiga de Vitória e lhe arranjou emprego no hostel, mas que não se sente nada bem por ter de mentir às pessoas.

Omar revela a Teresa que já contou à família que vão ter um filho e casar, só que eles não reagiram da melhor forma. Teresa fica com pena de Omar e dá-lhe mimos. Henrique consola Beatriz, que está destroçada com o que está a acontecer à mãe e Constança lembra o pai que o dinheiro não resolve tudo.

Constança entra no quarto e recorda quando apanhou a mãe com Gustavo.  Margarida tenta animar Diogo e diz-lhe que nem sempre as coisas são o que parecem e ele adormece. Tocam à campainha e Margarida despenteia-se, descalça-se e abre a porta ofegante.

Monique avalia Margarida e pede-lhe para avisar Diogo que passou por ali. Glória fala com Fábio, quando Tomé aparece e pergunta o que se passa. Glória conta o que fez, mas diz que foi Graça que teve a ideia e que lhe pediu ajuda.

Fredy não gosta de ver Tomé tão amiguinho de Glória e não consegue disfarçar. Glória continua a insistir que não tem nada com Fredy e que o que ele viu naquele vídeo, não teve importância nenhuma, e seduz Tomé e os dois beijam-se. Margarida segue pelo corredor em direção à sala de operações.

Tavares dá instruções a Chaves sobre a busca à WhiteShell e Margarida não gosta que seja Chaves o responsável por aquela operação. Monique desabafa com Teresa sobre ter ido a casa de Diogo e ter encontrado Margarida e Teresa percebe que Monique está com ciúmes. Vitória agradece toda a ajuda de Teresa, mas não gosta de saber que ela é namorada de Omar e decide ir para longe dali.

Vitória arruma as suas coisas, e está desesperada. Teresa liga a Diogo e avisa-o que Vitória não vai colaborar e ele anui que ela sabe o que tem de fazer. Vitória sai do quarto e não se apercebe de Teresa, que num gesto rápido, lhe injeta uma substância no pescoço que a deixa sem sentidos.

Teresa leva Vitória para o quarto, e olha-a com pena. Diogo está angustiado e não aceita que a irmã esteja envolvida no atentado. Graça apercebe-se do mau feitio de Lídia pergunta-lhe como correu a surpresa a Júlio e ela vinca que ele adorou.

Júlio está maldisposto e barafusta com uma empregada. Lídia intervém e trocam acusações e ameaças. Lídia liga a Teresa e diz que a visita a Al Aradhi lhe fez bem, pois percebeu que há muitos preconceitos e o mais importante é a família.

Teresa despacha a mãe porque Vitória está a acordar. Vitória começa a falar sobre o que sabe e afirma que pagaram a Al Husayni para fazer a bomba. Chaves e um grupo de inspetores preparam-se para invadir o edifício da WhiteShell e dá indicações para passarem tudo a pente fino.

Teresa pressiona Vitória a revelar o mandante da bomba, e ela começa a sangrar e Teresa alarma-se. Chaves entra na sala de reuniões e dá indicações para ninguém se mexer, mas interrompe-se ao ver toda a gente a espreitar à janela.

Chaves vai até lá e espreita também e vê no passeio, o corpo de um homem estatelado no chão.

Páginas: 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close