“Prisioneira”: Resumo dos próximos episódios

"

Episódio 2 (21 a 26 de maio)

Caos no aeroporto, Teresa está ferida e Omar ajuda as pessoas, antes de chegarem os paramédicos. Fredy está no hospital e pede informações de Glória, e fica aflito ao ver Sílvio chegar gravemente ferido.

Na sala de operações da PJ, Diogo conta que um homem retirou a bomba da casa de banho e estava a levá-la para fora do edifício, quando explodiu, e vinca que Omar pode estar envolvido no atentado.

Teresa está no hospital e conta à mãe e Júlio que ia deixar Alexandre, e Júlio fica a saber que Teresa é vitima de violência doméstica. Graça vai à morgue com Mário para identificar Gonçalo e ficam aliviados por não ser ele e liga a Letícia para saber se Gonçalo terá embarcado sem o irmão.

Diogo vê as imagens das câmaras de vigilância do aeroporto e como Glória foi coagida a levar a bomba para o aeroporto. Teresa deixa mensagem a Omar e conta que a carta que deixou a Alexandre, desapareceu.

Margarida chega ao seu gabinete e pede a Susana para lhe dar informações de Glória. Chaves vai ter com Fredy ao hospital e leva-o a prestar declarações. Letícia liga a Graça e diz-lhe que Gonçalo não embarcou para Chicago e fica furiosa quando Tomé sugere que pode ter sido o irmão a levar a bomba para fora da casa de banho.

Diogo vê na televisão Khalef a reivindicar o atentado, e continua a achar que Omar está envolvido nele. Teresa conta a Monique que ia deixar Alexandre e que estava à espera de um voo com Omar quando se deu a explosão, e que ele começou a ajudar as pessoas feridas e que desde então, não sabe nada dele.

Omar disfarçado, compra um jornal que tem a fotografia do irmão na capa. Fátima vê o filho na televisão e agradece por ele estar vivo e Bashir acha que Omar foi para Portugal para se encontrar com o irmão.

Fredy visita Glória e conta que Sílvio está a morrer e ela pede-lhe para não contar a verdade à policia. Omar corre pelas ruas para não ser reconhecido e entra num armazém abandonado e esmaga o telemóvel com o pé.

Teresa vê a imagem de Khalef e reconhece-o. Monique coloca a possibilidade que Omar ser um terrorista, mas Teresa nega anuindo que ele veio para Portugal procurar o irmão. Chaves vai a casa de Teresa e pergunta-lhe por Omar, e ela afirma que não sabe dele. Diogo coloca uma escuta no quarto de Glória e fica atento às movimentações por lá.

Glória acorda aflita e recorda que matou Khalef para saldar uma divida do pai e Fredy apoia-a e assente já terem passado 6 anos. Diogo fica a saber por Chaves que Teresa saiu de casa e diz-lhe que vai ter com ele. Teresa despede-se de Monique, sem perceber que está a ser observada por Chaves.

Omar liga-lhe e conta que não tem nada a ver com o atentado e combinam encontrar-se. Chaves diz a Diogo que Teresa entrou num hotel e Diogo percebe onde é que Omar e Teresa se vão encontrar. Teresa chega à zona ribeirinha e Omar pede-lhe para confiar nele. Diogo chega e Omar atira-se ao rio e o inspetor dispara na direção dele.

Páginas: 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close