“Prisioneira”: Resumo dos próximos episódios

"

Episódio 45 (8 a 14 de julho)

Teresa não percebe por que motivo não pode viajar e o chefe da polícia explica-lhe que precisa da autorização do marido.

Teresa fica acossada e Fátima mostra contentamento. Omar atende uma chamada de Leila, que lhe conta que não foi Teresa que roubou a foto, e pede-lhe para não se meter.

Constança anda divertida às compras, quando aparece Leila e conta que está muito feliz por ter Bashir como marido, mas Leila não se conforma com a situação.

Bashir vai ao hotel ter com Vítor e este pede ajuda para livrar Glória de uma falsa acusação. Lídia conta a Júlio que Vítor foi a Al Aradhi para tentar ajudar Glória e acusa Júlio de não ter feito nada. Júlio não aceita aquele julgamento e diz que sempre tratou Teresa como sua filha.

Bashir reitera que foi Glória que matou Khalef e o enterrou e Vítor garante que não foi a filha e conta que esteve um casal de Al Aradhi hospedado no hotel, nessa noite, e quer localizá-lo.

Letícia fica sensibilizada com a história de Glória e decide esconde-la no anexo. Bashir conta a Samira que Vítor sabe que ele esteve no hotel na noite em que Khalef morreu e pedi-lhe ajuda para localizar um casal de Al Aradhi que também estava no hotel. Samira implora a Bashir que arranje uma solução, pois está muito perto de ficar com Omar.

Glória conta que Gustavo lhe disse que Omar foi à polícia apresentar queixa contra ela, pelo homicídio do irmão. Teresa vai sair com o bebé e Fátima barra-lhe a passagem. Teresa enfrenta-a e Fátima garante que ela será castigada por Alá.

Fátima chama Leila e pede-lhe para acompanhar Teresa. Vítor pega no neto, emocionado e afirma que foi a Al Aradhi para tentar ajudar Glória e revela desconfia que Bashir esteja ligado à morte de Khalef.

Tomé abraça Glória e pergunta-lhe porque é que não lhe pediu ajuda. Glória diz que não pode contar o que se está a passar, e que não o quer envolver.

Margarida vai a casa de Omar para falarem sobre a queixa que ele apresentou contra Glória e Margarida informa-o que o processo desapareceu. Teresa pensa na conversa com o pai e foca-se nos nomes de Soraia e Khalil.

Nelson fala ao telemóvel com Vítor e pede-lhe para não se poupar a esforços ou despesas para encontrar o tal casal, pois está convencido de que eles são os assassinos de Khalef.

Nelson avisa Vítor para ter cuidado e recomenda que arranje segurança. Tomé ouve a conversa e fica abismado. Fredy fica satisfeito por Nelson estar empenhado em provar a inocência de Glória, e diz a Fredy que um dia vai perceber o que se passou.

Omar atira-se a Gustavo e acusa-o de ter feito desaparecer o processo de Khalef. Gustavo diz que não tem nada a ver com isso e Omar acusa Teresa e lembra Gustavo que o tem na mão. Gustavo fala ao telemóvel com alguém e conta que Omar o anda a ameaçar, por saber coisas que o comprometem. Gustavo entra em casa de Omar, percebe que ele está a dormir.

Gustavo olha para Omar e para a almofada que está pousada ao seu lado. Diogo está numa cama ligado a soro.

Monique surge e diz-lhe que ele está no paraíso. Carolina confidencia a Helena que o pai não é RP da judiciária e estava a investigar o caso do atentado e ela suspeita que Monique possa estar envolvida. Diogo acusa Monique de ter uma vida dupla e ela acusa-o do mesmo.

Diogo supõe que Monique não o deixe sair dali e ela confirma. Teresa e Vítor pedem ajuda ao chefe da polícia para localizar o casal Soraia e Khalil Nassar e ele promete investigar.

Fahad conta a Bashir que o chefe da polícia saiu do hotel onde está Vítor e Bashir liga a alguém e pede-lhe para ir ter com ele, pois o cerco está a ficar apertado.

Omar acusa Teresa de andar a conspirar contra ele e de ter feito desaparecer o processo da morte de Khalef. Teresa nega que tenha feito desaparecer o processo e acusa Omar de nem sequer ter posto a hipótese de Glória ser inocente.

Teresa assume que defendeu a irmã, mas Omar fez o mesmo pelo irmão, apesar de saber que ele era um terrorista.

Omar quebra e pega no filho ao colo. Bashir informa a irmã que Teresa e Vítor contataram a polícia para localizarem Soraia e Khalil Nassar. Samira entra em pânico e começa a temer o pior.

Mário não percebe como é que todos ajudaram Glória a esconder-se, em vez de provarem a sua inocência. Lídia garante que ela é inocente, mas a justiça iria demorar muito e ficam todos espantados ao perceber que Glória desapareceu.

Fredy garante que não sabe de nada e assente que pensava que Glória estava no esconderijo que Gustavo lhe arranjou. Teresa sabe que se Omar descobrir que foi ela que fez desaparecer o processo, bem pode fugir.

Recebe uma chamada do chefe da polícia, que lhe diz, ter boas notícias. Vítor e Teresa andam no souk, fingindo que andam às compras. O Chefe da polícia aborda o casal e Teresa e Vítor ficam chocados ao perceberem que se trata de Bashir e Samira.

Páginas: 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close