Processo contra Ana Leal foi arquivado

Processo contra Ana Leal foi arquivado


A jornalista Ana Leal foi alvo de um processo disciplinar devido à sua reportagem “1 Hora e 35 Minutos”, emitida a 13 de abril no “Repórter TVI”, onde foi mostrada a falta de condições nas urgências das unidades hospitalares portuguesas.

Segundo o Correio da Manhã, o processo, instaurado pela Comissão da Carteira Profissional de Jornalista (CCPJ), devido a uma queixa apresentada por mais de uma dezena de hospitais por possível violação do Estatuto do Jornalista, no que se refere à recolha de imagens e sons com o recurso a meios não autorizados, foi arquivado: «Considerou-se que não havia violação de nenhuma norma. As imagens preservavam a integridade dos doentes e mostravam uma realidade de interesse público», disse fonte da CCPJ.

A autora da reportagem, Ana Leal, revela que não conhecia qualquer processo disponível mas nunca lhe «passaria pela cabeça outro desfecho senão o seu arquivamento». Já o Ministério da Saúde não comentou o arquivamento do processo, mas adiantou que «as queixas seguiram para outras instâncias reguladoras e judiciais, como o Ministério Público», das quais aguarda desenvolvimentos.

Partilhe: Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close