[Raio Z] Entrevista a Rodrigo Paganelli, de ‘O Beijo do Escorpião’


Nascido a 26 de Agosto de 1992, Rodrigo Gomes Paganelli é um dos atores da nova geração. Estreou-se na 6ª Temporada de ‘Morangos com Açúcar’ na pele de Flip e desde então soma vários sucessos. Depois de integrar o elenco do telefilme ‘Vidas (Des)enrascadas’ e a novela ‘Doida Por Ti’, vive agora o ponto alto da sua carreira na trama ‘O Beijo do Escorpião’.

Fique a conhecer melhor Rodrigo Paganelli neste Raio Z!

Zapping: Está atualmente em horário nobre na TVI. Como estão a correr as gravações de ‘O Beijo do Escorpião’?
Rodrigo Paganelli: Muito Bem. É um privilégio poder trabalhar com uma equipa de excelentes atores e técnicos, com os quais tenho aprendido muito.

Z: O André é o maior desafio que teve até hoje?
RP:
 É um grande desafio. Todas as personagens que interpretei até hoje me deram muito gozo e todas são um desafio. O André talvez seja a personagem com mais impacto e, portanto, requer uma maior responsabilidade.

Z: Enquanto ator, sente que em cada produção está a crescer a nível profissional?
RP:
 Sim, todos os trabalho e experiências, não só profissionais, nos enriquecem. Todas são importantes para nos fazer crescer como atores. Gosto muito de aprender e tento tirar proveito de todas as oportunidades que me aparecem.

Z: Até agora deu vida sempre adolescentes. Sente falta de uma personagem mais adulta?
RP:
 É verdade. Em novela sempre interpretei adolescentes, mas em teatro já dei vida a personagens mais adultas.

Z: ‘Doida por TI’ saltou de horário em horário na TVI. Sente que a trama não foi
bem recebida?
RP:
 Antes pelo contrário o feedback que recebi por parte do público foi muito positivo. Quanto à alteração de horário, não sei exactamente porque aconteceu.

Z: Para um ator o que conta mais: as audiências ou a qualidade?
RP:
 A qualidade. As audiências são também importantes pois reflectem o gosto do público.

Z: Este é o seu segundo projeto pós-morangos. Sente que existe um estereótipo com os atores que saíram da série?
RP:
 Muitos dos atores que hoje são a cara da TVI formaram-se e iniciaram a sua carreira nos Morangos. Era uma boa escola, foi para mim uma boa experiência.

Z: Sente que ser ator está, hoje em dia, na moda?
RP:
 Para mim o que está na Moda é a música…

Z: Como chegou ao elenco dos ‘Morangos com Açúcar’?
RP:
 Na altura tinha acabado de chegar de Itália, onde vivia. Fui fazer um casting e fiquei seleccionado para o workshop da Plural, de onde saiu a maioria do elenco.

Z: Na série em que o Rodrigo entrou muitas personagens estavam ligadas ao canto. Nunca pensou tentar a sua sorte no mundo da música?
RP:
 A minha personagem fazia parte da cultura do Hip-Hop, como tal eu dançava e cantava Rap.

Z: Perguntas Rápidas:
Maior Vício… LEGOS
Livro/Filme/Música/Série Favoritos… Livro: O perfume. Filme: The Gladiator
Música: Tenho tantas… Gosto de Hip-Hop Serie: Walking Dead
Na TV não dispenso… discovery Channel
A pessoa que mais admiro é… há várias, seria injusto escolher apenas uma
Não vivo sem… adrenalina
Não saio de casa sem… beber um dark roast
Um dia corre bem quando… acaba bem

Z: Pergunta Final:
A sua vida dava uma novela? Porquê?
RP:
 A minha vida é demasiado confusa para dar uma novela, o telespectador ia ficar completamente baralhado.

Entrevista de Ricardo Neto
Revisão de Margarida Costa

Partilhe: Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Noticias relacionadas

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close