“Rising Star” vai durar 13 semanas… ou mais. Os números vão decidir!


“Rising Star”, o programa que a TVI estreia no próximo domingo à noite, foi encomendado por 13 semanas e é com este número que a produtora está a trabalhar.

Interativo e inovador, o talent show está a ser encarado como um tiro no escuro e do sucesso vai depender a duração.

Tal como aconteceu em formatos como “A Tua Cara Não Me é Estranha”, ou “Secret Story”, também o “Rising Star” pode sofrer um aumento de edições caso a audiência corresponda.

O dia 27 de julho continua, por enquanto, a ser o dia oficial da final. A meio da competição será apurado se o programa continua ou não por agosto. Certo é que nunca deverá colar à grande aposta de setembro (ainda não definida), sendo que haverá um conteúdo pelo meio.

“Dança Com as Estrelas” é um dos planos a serem acionados caso o “Rising Star” termine mesmo a 27 de julho. Neste cenário, Cristina Ferreira regressa ao horário nobre de domingo para 7 ou 8 edições do entretenimento que no ano passado ocupou a faixa sensivelmente na mesma altura.

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close