RTP : Rescisões aceites por 207 trabalhadores

O presidente do Conselho de Administração da RTP, Alberto da Ponte, anunciou hoje que a empresa prolongará “por mais 10 dias” o prazo de candidaturas ao plano de rescisões amigáveis, atendendo ao interesse manifestado por alguns trabalhadores.

O gestor da estação pública de televisão avançou que 207 trabalhadores tinham apresentado até segunda-feira a candidatura ao respetivo plano, cujo prazo inicial expirou no passado dia 12 de abril.

Alberto da Ponte negou ainda que estivesse nos planos da RTP a ideia de iniciar um segundo plano de rescisões amigáveis, o que significa que a RTP prolongará o atual plano nas mesmas condições (1,35 salários por ano de trabalho), mas não equaciona um segundo plano no futuro.

Questionado sobre o efeito do chumbo do Tribunal Constitucional a quatro normas do Orçamento do Estado de 2013, o gestor disse que, no que se refere à RTP, “terá que haver um ainda maior rigor” na gestão de tesouraria da empresa.

Com Lusa
Partilhe: Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Noticias relacionadas

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close