"

“Segundo Sol”: Conheça a história da nova novela da SIC


Segundo Sol

Segundo Sol

“Segundo Sol” estreia na próxima segunda-feira no horário deixado por “O Outro Lado do Paraíso” que tem o último episódio emitido amanhã.

Recomeçar. Reconstruir. Refazer. Ou desfazer, desconstruir, começar de novo. Essas ações poderiam conduzir as vidas de Beto Falcão (Emílio Dantas), Luzia (Giovanna Antonelli) e muitos outros personagens da próxima novela da SIC, “Segundo Sol”.

Ambientada na Baía, entre Salvador e a fictícia Boiporã, a história de João Emanuel Carneiro traz duas fases separadas por 18 anos. E é justamente o tempo que vai dar o pontapé para que as personagens se movam e busquem os seus objetivos de forma ativa, sem esperar que o destino decida por eles.

O início: entre 1999, 2000 e 2001

Salvador, fim dos anos 90. O axé embala o Carnaval da Baía – sempre! Só que quem está em plena decadência é Beto Falcão, que teve o sucesso “Axé Pelô”, hit que fez cantar um país inteiro em 94.

Agora, o dinheiro vem devagar. E para pagar parte das dívidas da família, aceita fazer uma pequena apresentação em Aracaju. Numa maré de azar – que salvará sua vida -, Beto perde o voo e a apresentação. O avião que ele apanharia cai, e o cantor é dado como morto.

A comoção é nacional. Do fracasso, Beto Falcão reencontra a fama, mas dessa vez na categoria de mito. Em segredo, vê sua imagem ser ovacionada e os problemas financeiros da família se solucionarem.

Convencido pela namorada, Karola (Deborah Secco), cujo romance não anda muito bem, e pelo irmão interesseiro Remy (Vladimir Brichta), de que se manter “morto” é a melhor opção, ele deixa a cidade e refugia-se na ilha de Boiporã.

Já em Boiporã, o protagonista assume nova identidade e apaixona-se pelo amor da sua vida: Luzia. A bela marisqueira, que cuida sozinha do casal de filhos pequenos Ícaro (Thales Miranda/Chay Suede) e Manuela (Rafaela Brasil/Luisa Arraes), corresponde aos sentimentos de Miguel – como Beto se apresenta.

Em poucos dias de convivência com o novo vizinho, que alugou a casa de Cacau (Fabiula Nascimento), irmã de Luzia, a marisqueira está encantada com Miguel e vice-versa.

Os filhos dela também se apegam ao forasteiro e consideram-no um pai. Esse amor que faz Luzia viver momentos de intensa felicidade também será fonte de muita tristeza após a chegada de Karola à ilha. Vítima de armações elaboradas por Laureta (Adriana Esteves), a grande mentora de Karola nos planos para afastá-la de Beto, Luzia será obrigada a fugir do Brasil com o amigo Groa (André Dias) e abandonar seus filhos.

2018: o tempo e suas consequências

Quase 20 anos depois, Luiza volta ao Brasil como a DJ Ariella, determinada a reunir a família e reescrever a própria história.

«O mais bonito na trajetória dessa personagem é que através de caminhos inesperados ela irá reconstruir seus pedaços, se transformar. Luzia tem uma gama de cores e sentimentos incríveis, e, apesar de tudo o que enfrenta, não perde a vivacidade e a garra. É uma mulher muito humana», define a intérprete, Giovanna Antonelli.

A chegada de Luzia à Baía vai provocar encontros e reencontros. A batalha para reunir a família despedaçada vai também combinar com o fato de nem imaginar que Miguel, o amor que jamais esqueceu, é o famoso Beto Falcão. Ele, por sua vez, sustenta até hoje a farsa da sua morte e anda infeliz com os rumos que a vida tomou.

Palavras do autor

Para João Emanuel Carneiro, «a grande força desta história são os laços familiares e a segunda chance que todos temos de começar de novo».

A direção

«É uma novela densa, emotiva, mas ao mesmo tempo solar, sensual, bem brasileira e com muito humor», adianta o diretor artístico Dennis Carvalho. E é com o tempero baiano de lugares fascinantes, alegria do povo, tradições culturais e religiosas, culinária e música que tudo é ambientado, como completa a diretora artística Maria de Médicis: «Temos atores baianos e estamos fazendo uma preparação intensa em toda a nossa equipa para que o suingue contagiante da Baía esteja sempre presente».

“Segundo Sol” é sua próxima novela daa Globo a estrear na SIC. Escrita por João Emanuel Carneiro, a trama chega a Carnaxide na próxima segunda-feira à noite.

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close