Semana 14: Gui descobre que Teresa matou Francisco

208º Episódio

Teresa mostra-se determinada em garantir a guarda de Carolina, convencida de que será muito mais capaz de educar a neta, denegrindo a imagem de Mariana como mãe. Bernardo avisa-a que os argumentos que apresenta para atestar a incapacidade da ex-nora não serão suficientes, pelo que terá de arranjar provas bem mais fortes contra Mariana, sejam elas reais ou forjadas. O advogado entra no delírio de Teresa e garante que é capaz de tudo para a ajudar, até porque se ficar a administrar os bens da neta, também poderá resolver os seus problemas financeiros. Teresa beija Bernardo, mas são interrompidos por Lurdes que pergunta se deve colocar um prato para o doutor todas as noites. Teresa entusiasma-se e, depois de ter a concordância do namorado, pede à empregada que a partir de agora conte sempre com Bernardo à mesa. Ele agradece o convite e Teresa, com alguma provocação à mistura avisa que outros convites mais importantes poderão surgir.

Mariana lê a carta em que Zé Maria lhe explica a razão de ter deixado todos os bens a Carolina. As lágrimas percorrem-lhe o rosto e não consegue falar. Tem de ser Júlia a ler o texto em voz alta, no qual o empresário explica que deixou tudo à neta, para poupar a filha a eventuais disputas pelo império que construiu. Mariana mostra-se reconhecida ao pai por ter acautelado o futuro da menina, mas assegura que daria todo o dinheiro para poder tê-lo ao pé de si. Raquel respira fundo e confessa que não estava à espera de tal coisa. Mariana abraça-se a Júlia e Raquel a chorar, ao mesmo tempo que lhes suplica que nunca mais se zanguem. Raquel garante que estão mais unidas do que nunca, enquanto Júlia também se comove com a situação.

Inês espera que Duarte chegue a casa e começa a repreende-lo por não ter obedecido, quando o mandou regressar a casa imediatamente. A conversa torna-se azeda quando o acusa de querer enlouquecê-la para poder voltar para os braços de Júlia. Duarte mantém a calma, reafirma que não tem nada com Júlia e deixa-se abraçar pela mulher, sem no entanto corresponder a esse abraço. Ela desespera a mendigar o seu amor e, como que enlouquecida, sugere que viajem, que façam coisas juntos. Duarte lembra que foi Inês a forçar aquela situação e que os votos matrimoniais que jurou só fazem sentido quando as pessoas sentem o que prometem. Inês adopta uma postura agressiva e volta a ameaçar desaparecer com o filho de ambos, se Duarte não mudar de atitude, pois o que têm está longe de ser um casamento. O marido vira-lhe as costas e sai de casa, dizendo que lhe vai dar algum tempo para se acalmar. Inês fica sozinha e atira o comando da televisão ao chão, gritando toda a sua raiva por não conseguir prender o marido.

Mariana mostra-se desconfortável com o seu futuro, temendo ter de tomar decisões sobre os negócios do pai, gerindo assim os interesses de Carolina. Júlia tranquiliza a filha, lembrando que os hotéis têm uma administração que lhe dará os conselhos que precisar. A mãe também antecipa que ela estará mais deprimida por se aproximar o fim-de-semana em que Gui fica com a filha e Mariana acaba por concordar. No meio desta conversa, Raquel atende uma chamada de Hugo, com quem marca um encontro para o Dancin’ Days. Nem Mariana nem Júlia aprovam que Raquel prossiga com o seu plano de vingança, atendendo aos perigos que pode estar a correr. No entanto, Raquel mostra-se decidida a saldar as contas com Hugo, pois não esquece o mal que ele lhe fez. Para aliviar a tensão, Raquel pergunta a Mariana se já viu a produção fotográfica que fez para a Blondie. A sobrinha sorri e mostra-se desejosa de ter a revista para ver como ficaram as suas fotos.

Antes do jantar em casa de Ester e Alberto, Jorge e Carminho confirmam que as fotos que Mariana fez para a revista ficaram muito bem. Vera adivinha que a amiga deve estar ansiosa por ver o trabalho e promete falar-lhe nisso assim que se encontrarem. Alberto sugere a Jorge que façam uma reportagem sobre a sua vida académica e Amélia diz que o título podia ser “ Pessoas que não souberam crescer. Alberto, sente-se provocado e revela que decidiu formar uma tuna alternativa. Todos ficam surpreendidos e Carminho lembra que o pai nem sabe tocar. Vera assinala que tem de jantar depressa porque combinou ir ao cinema com Sebastião. Alberto ironiza e merece a censura de Ester. A mulher volta a fulminá-lo com o olhar, depois de ele dizer que Lourenço parece mais um marinheiro de água doce, respondendo à filha que revelou ter ido buscar as suas coisas ao navio, pois o namorado voltou mais cedo dessa última viagem. Amélia manda toda a gente para a mesa e grita para chamar o neto. Alberto comenta que já tinha saudades de Paulo mas confessa que dispensava os berros da empregada.

Bruno pergunta a Paulo como era a sua vida no Luxemburgo e ele conta que os rapazes tinham a mania, mas que as raparigas eram bem mais simpáticas e melhores que as portuguesas. Bruno conta que vai com Tânia assistir ao jogo de pólo aquático da equipa de Hernâni e Paulo diz logo que também vai. De repente, apercebe-se que não foi convidado e diz que não quer estragar a tarde dos pombinhos. Nesse momento é Bruno quem fica atrapalhado e diz que ele pode ir se quiser. De seguida pergunta ao amigo se lhe faz impressão que namore com Tânia. Paulo afirma que não e Amélia interrompe a conversa, voltando a chamá-los para a mesa.

Hernâni sonha com o sucesso no torneio de pólo aquático e gaba-se da sua forma física, afiançando que parece um maremoto quando entra dentro de água. Nicole, cheia de malícia diz que não tem razões de queixa e troca um olhar cúmplice com o ex-marido, embora alinhe na brincadeira de Tânia, achando que metade dos jogadores devem baldar-se à última hora. Tânia não percebe a piada e responde ao pai que tenciona fazer um cartaz de apoio e que vai assistir ao jogo com Paulo e Bruno.

Luísa e Isabel partilham a tristeza pela ausência de Emília. Luísa diz que sem a amiga só vai fazer asneira na vida. Isabel garante que vai estar a seu lado para evitar que isso aconteça. E começa imediatamente, logo que Miguel chega para beber um café e começa a despir Luísa com os olhos. Isabel sussurra ao ouvido da amiga, que tenha juizinho.

Cátia pede ajuda a Cristóvão para arranjar um espaço onde possa dar as suas aulas de danças eróticas. Ele oferece-lhe dois papéis como actriz, mas como são insignificantes, Cátia recusa, preferindo continuar no clube de striptease, que sempre lhe enche a dispensa.

Duarte vai para casa de Gui e bebe uma cerveja com o irmão, enquanto desabafa depois de mais um confronto com Inês. Gui pede desculpa pela sinceridade mas insiste que ele devia separar-se da mulher, convicto de que Inês está a fazer bluff quando ameaça desaparecer com o filho de ambos. Duarte receia que ela cumpra a ameaça e emigre só para que ele não venha a conhecer o filho.

Inês também precisa de conversar com alguém e decide ligar a Áurea, contando que voltou a discutir com Duarte e que ele saiu outra vez de casa. Áurea desvaloriza o incidente e aconselha-a a confiar mais no marido, se ele garante que nada tem com Júlia. Inês desliga o telefone e murmura que ninguém a compreende. Na manhã seguinte, quando Duarte regressa a casa não encontra Inês e nem sequer obtém resposta quando lhe liga para o telemóvel.

Teresa convida Gui para almoçar, argumentando que é natural que queira falar com ele, depois das coisas que aconteceram. Bernardo conta que tem duas reuniões de manhã e que vai tentar não se atrasar. Teresa, deixa claro que a sua presença é fundamental, para que coloquem em marcha o plano que têm. Bernardo inquire se Duarte também vai estar presente e Teresa afirma que prefere deixar o filho mais velho fora do assunto, pois ele tem uma forma diferente de ver a vida. Já quanto a Gui, exulta ao dizer que o filho mais novo saiu a ela.

Gui diz a Cátia desconhecer o que a mãe quer mas acha que já está na hora de a visitar, para perceber se o namorado se tem portado bem. Concorda com Cátia, por não estar à espera que Teresa encontrasse alguém logo a seguir à morte do marido. Cátia lamenta que Duarte não consiga entender-se com Inês e dúvida que as coisas se componham entre eles. Gui também duvida que o irmão fique com Inês ou com Júlia.

Júlia, acompanhada por Carminho e Jorge, folheia a Blondie, enquanto fala ao telefone com Mariana, elogiando a filha pela produção fotográfica que fez. Os amigos são da mesma opinião e Jorge confirma que Artur ficou muito satisfeito com aquele número. Júlia desabafa que ele podia tê-la avisado e, incentivada por Jorge, decide que lhe vai ligar para agradecer o que fez por Mariana. Carminho acha que Júlia vai transmitir os sinais errados a Artur e “pega-se” meio a sério, meio a brincar com Jorge, porque o companheiro lhe diz para deixar que Júlia faça as coisas como quer.

Hugo mostra a Raquel o projecto que tem para a reinserção de ex-reclusos. Ela analisa o documento e parece agradada com o que vê. Hugo conta que, embora estivesse longe, acompanhou a tragédia que se abateu sobre a família com o desastre que vitimou Zé Maria e Emília. Raquel recorda o passado e reconhece que depois de ter chegado a odiar o ex-marido, agora eram de novo amigos. Hugo assegura que não lhe desejava a morte, embora ele lhe tenha dado um tiro. Raquel dúvida desta sinceridade, mas Hugo garante que é genuína. Prosseguindo no seu tom amigável, Hugo oferece-se para a acompanhar às consultas ou aos tratamentos ao cancro se tiver de os fazer e se confirmem as piores suspeitas. Raquel garante que não está sozinha e que não é pessoa de se vitimizar, fazendo o que tiver de ser feito. Muda de assunto e dispõe-se a marcar com a amiga investidora uma reunião para o dia seguinte.

Áurea oferece chocolates a Luísa e a amiga diz logo que aquilo lhe desce logo para as ancas. Sem se deter, desafia Áurea para saírem uma noite dessas e ela responde que tem de conferir o que tem para fazer com Lourenço, vincando que já não está sozinha. Subitamente, Áurea recebe uma chamada e não reconhece o número. Quando atende, percebe que é Inês quem está do outro lado e fica surpreendida quando a filha lhe diz onde está.

Duarte estranha que Inês não lhe atenda o telefone mas Gui afirma que ele não pode esperar esse comportamento da mulher, uma vez que dormiu fora. Duarte convida Gui para almoçar mas o irmão lembra que vai almoçar com Teresa e adivinha que a mãe deve querer que o aconselhe a portar-se bem com Inês. Duarte reconhece que isso seria típico da mãe e dá graças a Deus que ela não o tenha convidado, já que é tão próxima de Inês. Como tem de ir preparar uma viajem para um cliente, confessa que gostava de planear para si uma grande viagem. Gui oferece-se para ir com ele, desde que não estejam mais do que um mês fora.

Mariana adora ver a sua produção fotográfica na Blondie, lamentando que o pai não esteja vivo para testemunhar o seu sucesso. Ao saber que Júlia vai ter com Raquel para a acompanhar na consulta onde vai ficar a saber se tem ou não cancro da mama, Mariana quer ir com a mãe. No entanto, Júlia trava-lhe o impulso e lembra-lhe que já faltou às aulas durante uma semana. A filha aceita saber o resultado dos exames da tia, mais tarde. Carolina acorda e Mariana mostra à filha a revista com as fotos que fez.

Durante o almoço, Teresa começa a convencer Gui que têm de retirar a guarda de Carolina a Mariana. O filho sorri com ironia e dispara que já estava à espera que o almoço não seria inocente e que o que a mãe quer, no fundo, é gerir a herança que Zé Maria deixou à sua filha. Teresa faz-se de ofendida e argumenta que a neta está melhor com ela, do que com uma adolescente que não sabe o que custa o dinheiro. Gui fica sem resposta.

Áurea, muito preocupada, procura Duarte na agência de viagens e conta que Inês lhe ligou a dizer que estava fora do País e que não estava a brincar quando o avisou. Duarte fica em choque e exclama que ela fugiu para que ele não conheça o filho.

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close