SIC e TVI estão contra o novo contrato de concessão da RTP


Audiências

A SIC e a TVI manifestaram esta sexta-feira a sua discordância com o novo contrato de concessão da RTP.

Em comunicado conjunto, citado pelo Correio da Manhã, as estações consideram que o documento da tutela, que tem estado em discussão pública, «introduz distorções insanáveis no princípio da livre concorrência, procede a uma adulteração evidente do princípio da não discriminação e revela uma clara incoerência entre os princípios proclamados publicamente pelo Governo e os incentivos dados à RTP para se comportar como uma estação comercial», que «concorre de forma desleal com os operadores privados».

Os canais privados denunciam que o novo contrato «permite à RTP tornar-se dona e senhora, com capacidade de lançar e aumentar o número de canais públicos [até 12 estações], numa rota de inflação e de financiamento descontrolado». Tal situação, afirmam os privados, «implicaria uma ocupação efetiva, pelo Estado, de quase 60% da capacidade disponível» na Televisão Digital Terrestre (TDT), o que faria com que Portugal fosse «um dos países da Europa com maior ocupação da TDT pelo Estado, de forma direta ou indireta».

A SIC e a TVI lembram ainda o protocolo de serviço público assinado entre RTP e privados em 2003 e reforçam que a televisão pública «deverá estar limitada, independentemente do número de canais que venha a ter em sinal aberto, a seis minutos de publicidade [por hora] no total». Em comunicado, reiteram ainda que é «abusiva a possibilidade da RTP Informação vir a ser disponibilizada em regime de acesso não condicionado» na TDT, «em claro detrimento» da SIC Notícias e TVI 24.

Entretanto, o prazo para consulta e apresentação de propostas no ‘banco de ideias’ do portal do Governo para o Contrato de Concessão do Serviço Público foi alargado até domingo, 10 de novembro, relembra o CM.

Partilhe: Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Noticias relacionadas

  • NEK

    Não consigo compreender porque razão os canais privados têm de se meter agora a cada passo que a RTP dá. Que eu saiba os canais só são hipoteticamente lançados com a autorização das entidades reguladoras e também que eu tinha lido, ninguém proibiu os canais privados de lançarem novos canais. Se não querem lançar novos canais, deixem quem quer lança-los.

    • calhandreira

      afinal quem anda a arruinar a TDT são os canais privados e os seus amuos e não a PT como esses canaizecos tanto afirmavam nas reportagens sobre a TDT

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close