“Sol de Inverno”: Resumo de 21 a 27 de abril

Anterior1 de 5Seguinte


191º Episódio 

Destaque: Fátima faz um escândalo quando descobre que a despedida de solteiro de Carlos teve até prostitutas no quarto, afirmando que está fora de questão perdoar-lhe

Laura fica estarrecida e furiosa quando Salvador confirma que está de novo com Matilde

Lídia lidera um plenário de trabalhadores na fábrica da Boheme e propõe que ninguém trabalhe até que alguém garanta que não vão ser despedidos. Fábio apoia a colega e começa a gritar palavras de ordem com Diogo Crispim ao colo. Célia arrepende-se de ter levado o filho para ali, mas Fábio defende que só lhe faz bem para aprender a não se deixar pisar. Horácio é alertado pelo barulho e tenta desmobilizar os trabalhadores. No entanto, fica apreensivo quando Célia conta que Isabel quis comprar a fábrica e Laura não aceitou. Horácio promete que vai falar com a patroa no dia seguinte e consegue acalmar toda a gente.

Fátima arruma o quarto de Acácio e descobre o envelope com as fotografias da despedida de solteiro de Carlos em Espanha. Ao perceber do que se trata, fica furiosa e ameaça matá-los a todos.

Acácio está tranquilo na sala do palacete e faz com que Lé e Lurdes cheirem garrafas que ele diz conterem brisa do mar da Escócia. Nem uma nem outra conseguem detectar qualquer aroma e ele quase enfia uma garrafa pelo nariz se Lurdes. Fátima aparece de repente e expõe as fotografias ao pai, ralhando com ele, dizendo que está muito desiludida com ele por não ter cumprido a promessa de tomar conta de Carlos. Acácio fica muito aflito, sem saber se consegue proteger as garrafas que a filha parte, ou agarrar as fotografias que já passam nas mãos de Lurdes e Lé, que riem a bom rir da situação. Fátima jura que quando apanhar Carlos vai fazê-lo pagar por a ter enganado.

Sampaio, advogado que representa Nuno e Simão, explica a Frederico que não tem quaisquer direitos paternais sobre Camila, já que abdicou deles quando a deu para adopção. Ele reage mal e garante que pode sempre perturbá-los, exigindo chegar a um acordo para sair da vida da menina. Laura intervém e diz-lhe, com ironia, para não ter vergonha e fazer o seu preço.

Ana conta aos pais que o seu primeiro dia de trabalho correu muito bem e que foi muito bem tratada por todos. Rosa e Horácio ficam satisfeitos e elogiam a filha pelas mudanças que ela própria impôs a si própria. Horácio aproveita para dar conta que o ambiente na fábrica azedou e que paira no ar a nuvem negra dos despedimentos. Rosa afirma que no caso dele, por estar há tantos anos na fábrica, deve receber uma boa indemnização, enquanto Ana acredita ser possível que Laura mude de ideias. A filha conta que Manel e Vasco não vão jantar porque o filho tem um teste no dia seguinte e Rosa aproveita para inventar uma desculpa para ir jantar com Adelino, dizendo que vai aproveitar para rever antigas colegas do hotel que já não encontra desde que se reformou. Horácio incentiva a mulher e acha que ela deve aproveitar. Rosa sente-se culpada por estar a enganar o marido.

Fátima persegue Carlos com um cutelo na mão e grita que o vai cortar às postas. No entanto, corta apenas um ramo de flores ao meio, quando ele lhas tenta oferecer. Fátima dá um raspanete ao noivo, exibindo as fotografias escabrosas que ele tirou em Espanha, rodeado por prostitutas e deixa claro que não lhe vai perdoar facilmente.

Simão e Nuno estão de saída da quinta, felizes por terem resolvido de vez o diferendo com Frederico. Nuno agradece a Laura por os ter ajudado a pagar ao chantagista. Eduardo incentiva o irmão e o seu companheiro a irem embora e só a intervenção de Laura evita mais uma discussão. Simão propõe que se mude o tema da conversa e Teresa pergunta a Salvador como estão a correr as coisas na escola de surf. O irmão conta que estão a ter sucesso e a vender bem. Eduardo troça e dispara que ele ainda vai namorar com uma surfista. Esta é a oportunidade que Salvador esperava, revelando que ele e Matilde estão de novo juntos, acrescentando que compreende que a mãe não tenha ficado tão contente quanto os irmãos, mas que espera que ela não volte a interferir na sua vida. Laura gela com o que acaba de ouvir, trocando com ele um olhar tenso.

Sofia procura Manel para o confrontar com a acusação de tentativa de violação que Andreia lhe está a fazer. Ele nega tudo e explica que Andreia mente, talvez por ele a ter rejeitado quando ela se lhe insinuou. Sofia tem vontade de lhe dizer que acredita nele, mas não o manifesta de forma clara, fazendo com que Manel fique magoado por não sentir o seu apoio.

Horácio termina o jantar e mostra-se preocupado com a possibilidade de poderem haver despedimentos na fábrica. Ana tenta animar o pai, lembrando que ele pode sempre reformar-se e que pode finalmente passar mais tempo com a mãe. Horácio não se entusiasma e duvida que, nesta fase da vida, tenha ainda assunto para passar o dia inteiro com a mulher.

Ao contrário, Rosa está inebriada com o restaurante onde Adelino a levou a jantar e confessa sentir-se como uma velha gaiteira armada em jovem, tal a emoção que está a viver com ele. Adelino, arrebatado, pede a Rosa que deixe o marido e vá viver com ele, pois quer estar com ela ao lado até ao fim dos seus dias. Rosa faz-lhe ver que não pode aceitar o seu pedido e diz que entende se ele quiser afastar-se. Adelino não esconde a desilusão mas assume que prefere tê-la por momentos, do que não a ter de todo e aceita manter a situação que têm. O olhar que trocam é apaixonado.

Laura não consegue disfarçar ao jantar a irritação por saber que Salvador e Matilde estão de novo juntos e Teresa repara no nervosismo que a mãe evidencia. Salvador mostra-se convicto de que nem Matilde nem Concha estão envolvidas no tráfico de droga. Eduardo aproveita para deitar o irmão abaixo, lembrando que Matilde tem contra si o antecedente da morte de Luís. Salvador defende a mulher e afirma que ela agiu em legítima defesa. Margarida encerra o tema e pergunta a Eduardo se já contou quem é a sua nova namorada. Laura nem deixa que ele responda e conta que se trata da cozinheira. Eduardo fica agastado e afirma que estão sempre contra o que ele diz mas afinal são tão ou mais preconceituosos. Rita vem da cozinha, senta-se à mesa como se fosse da família e diz que já mandou a empregada servir o jantar. Laura fica possessa e retira-se da mesa, dizendo que perdeu o apetite e vai refugiar-se na biblioteca. Teresa segue a mãe e tenta acalmá-la, mas ela diz que jamais se sentará á mesa com a empregada.

Gonçalo conversa com Manel e diz ao primo que sabe que ele não está muito bem mas aconselha-o a disfarçar o seu mal-estar à frente do filho. Vasco vem do quarto e como o pai não sabe onde ele enfiou a máquina de calcular, decide ligar à mãe. Ana, por essa altura, tenta sossegar Horácio, pois o pai não consegue contactar a mãe, protestando porque ela nunca mais chega do jantar a que foi com as amigas. Nesse momento, Ana recebe o telefonema de Vasco que procura a sua calculadora e pede a Horácio que vá ver se o neto se esqueceu dela no quarto. Horácio cumpre o pedido o mais rapidamente que pode mas diz que não encontrou o que o neto reclama.

Mariano entra pé ante pé no palacete e leva uma oferta para Fátima. Ela nem sequer o deixa oferecer o presente e passa-lhe logo um raspanete por ele ter sido cúmplice de Carlos na borga em Espanha. Mariano fica muito atrapalhado e Fátima obriga-o a contar a Beatriz a pouca vergonha em que esteve envolvido, sob pena de contar ela. Mariano aceita o castigo e oferece-lhe o livro para crianças que ela tinha estado a ler na livraria.

Pela manhã, Horácio ralha com Rosa por não o ter avisado que ia chegar mais tarde a casa por ter ido a casa de Francisca depois do jantar. Ana brinca com a mãe e afirma que é bom que o pai sinta ciumes. Rosa esboça um sorriso desconfortável, pois está com a consciência pesada por andar a trair o marido com Adelino. Ana conta que não vai ficar para jantar porque Nuno a convidou para uma exposição. Rosa insinua que o patrão poderá ser algo mais para a filha mas Ana diz para não fazerem filmes.

Nuno e Simão tentam convencer-se de que Frederico vai deixá-los em paz, agora que eles aceitaram pagar-lhe para não se cruzar com Camila. Nuno abraça Simão e pede-lhe que leve a menina à escola, pois ele tem de abrir a florista mais cedo, agora que está sozinho.

Vasco confessa a Manel que está ansioso antes de ir para a escola porque tem um colega na turma que diz que o pai dele devia estar preso. Manel pede ao filho que não reaja, prometendo-lhe que vai falar com a directora de turma para resolver o problema. Como Vasco não fica muito convencido, Manel diz que precisa da sua ajuda e nomeia-o segundo homem da casa, pois precisa da sua ajuda, já que Gonçalo está apenas de passagem. Vasco sorri, satisfeito com o seu estatuto.

Laura manipula Margarida e faz com que ela lhe prometa que não contará a Salvador que ela está por detrás da trama para encarcerar Matilde por tráfico de droga. Margarida reconhece que tem dificuldade para esconder do irmão que foi a mãe a prejudicar Matilde, mas aceita fazê-lo, pois a mãe exerce sobre ela uma chantagem emocional sem precedentes.

Rita exige, entre a ameaça e a sedução, que Eduardo obrigue Laura a respeitá-la, tratando-a tal como trata os namorados e as namoradas dos outros filhos. Eduardo põe água na fervura e diz que o mais importante foi ter conseguido o lugar como administrador da Boheme. Rita, deixa claro que se for preciso joga as mesmas armas que ele jogou para conseguir o lugar.

Os agentes da Polícia Judiciária vão ao bar da praia à procura de Lúcia e pedem-lhe que os acompanhe, esclarecendo que estão a investigar um esquema de clonagem de cartões de crédito. Paula fica muito enervada, mas tenta não demonstrar. Lúcia pede a Tomás e Salvador que se livrem dos clientes e lhe fechem o bar, seguindo com os agentes que a vieram buscar. Tomás deseja que não seja algo de grave. (conclusão)

Anterior1 de 5Seguinte
Partilhe: Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Noticias relacionadas

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close