“Sol de Inverno”: resumo de 3 a 9 de março

Anterior1 de 6Seguinte

150º Episódio

Destaque: Thaís confessa a Andreia que foi ela quem a esfaqueou e ameaça matá-la se ela voltar a contactar Eduardo.

Matias e Violeta revoltam-se contra Vicente e Lúcia, quando os pais anunciam que se vão separar de novo

Salvador fica chocado com o pedido de ajuda que Isabel lhe faz e apenas se dispõe a ficar atento no caso de tomar conhecimento de algum emprego que lhe possa interessar. Ela ainda tenta fazer a sua condição de mãe biológica, mas em vão. Salvador deixa bem claro que o facto de se ter desculpado pelo facto de a ter tratado incorrectamente, não significa que algo tenha mudado entre eles. Por isso, reafirma que não a quer na sua vida. Isabel fica entre um misto de resignação e desilusão por não conseguir o carinho e apoio do filho.

Matilde está sonolenta e abatida na livraria e Mariano repara, fazendo-a desabafar que não sabe o que irá dar a relação com João Maria, depois de se ter separado de Salvador. Mariano também não vive os melhores momentos da sua vida em grande harmonia e conta que o seu encontro com Beatriz foi um desastre, pois ela recusa-se a acreditar que ele é o Eça que alimentava conversas com ela na internet. Mariano decide ir aos correios enviar umas cartas e Beatriz aproveita a sua saída para ir ter com Matilde, confessando à sobrinha que não está disposta a aceitar que ele seja o mesmo homem que consigo trocou mensagens tão sensíveis. Matilde afirma que vai cumprir a promessa que fez ao amigo de não se meter no assunto, mas deixa a ideia a Beatriz de que Mariano é mesmo o seu apaixonado.

Fátima aposta com Concha e Lé que vai conseguir dobrar o feitio de Dulce e fazer como que ela a aceite como nora. A cozinheira do palacete nem aceita não ter o casamento com que sempre sonhou, até porque Carlos é o único herdeiro das poupanças da mãe. Fátima acrescenta que vai passear com ele à Ericeira para comerem uns caracóis e namorar, mas deixa-se entusiasmar e começa a imaginar os pormenores tórridos entre ela e o noivo, fazendo com que Lé diga que já percebeu, travando-lhe a língua.

Rita exige a Carlos que tome uma atitude e impeça a mãe de andar sempre a rondar a cozinha e a estragar-lhe os cozinhados. O motorista tenta fazer crer que Dulce é incapaz de fazer tal maldade e começa a aproximar-se de Rita para a seduzir. Dulce quebra o momento ao entrar de repente, fazendo com que ele se afaste da cozinheira. Rita deixa-os a sós e Carlos conta à mãe que está de saída, pois combinou ir passear com Fátima. Dulce faz chantagem emocional e força o filho a convidá-la para ir com eles.

Laura conta a Teresa que vai ter dificuldade em chegar a tempo de assistir ao ensaio do desfile da nova coleção da Boheme, porque tem muitos compromissos, na expectativa de que ela a substitua. Teresa não esconde que ainda está magoada pelo facto de Laura lhe ter escondido que tinha comprado a coleção de Sofia para a destruir. No entanto aceita ajudar a mãe. Laura aproveita o momento para tentar saber o que é que ela esteve a conversar com Manel. Teresa conta que tem um namorado mas diz que só adiantará mais pormenores quando tiver a certeza que se trata de uma relação duradoura. Laura acaba por se lamentar da mudança de atitude de Manel em relação a si, temendo que ele a queira deixar. Laura assume que se sente só e Teresa fica com pena dela.

Eduardo recebe uma mensagem no telemóvel e Thaís fica desconfiada. Apesar de ele mostrar que acabou de receber a informação sobre a transferência de um jogador para o Benfica, a namorada tira-lhe o telefone e apaga o número de Andreia, dizendo com agressividade que se ele voltar a contactar com a ex-mulher, está feito. Eduardo fica atemorizado com a ameaça de Thaís.

Lúcia desabafa com Tomás e conta que vai separar-se outra vez de Vicente, lamentando o desgosto que vai dar aos filhos pela segunda vez. Tomás reconforta-a, certo de que ela não teve culpa que as coisas não tenham resultado outra vez. Lúcia não revela os seus sentimentos, teimando em esconder que gosta dele.

Teresa dá indicações a Benedita sobre as alterações que quer para o desfile da Boheme, enquanto Simão se mostra entusiasmado e orgulhoso do seu trabalho como designer da marca. Teresa recebe uma mensagem e diz que tem de sair imediatamente, prometendo contar mais tarde ao irmão, a razão para tanta pressa.

Lídia protesta porque as gaspeadeiras não foram convidadas para o desfile, apesar de serem elas a fazer os sapatos. Célia desvaloriza o assunto e reconhece que nem saberia o que vestir. Horácio vinca que os desfiles são apenas para os famosos. Lídia mete-se com Artur por ele ser o único homem entre tantas mulheres e que se as acompanhasse ao desfile teria de andar a noite toda de braço em braço. Ele fica encabulado e diz que Horácio também é homem mas o encarregado apressa-se a responder que já passou do prazo. Artur vai para a sua máquina e vê um bilhete que alguém lhe deixou, a dizer que na última noite sonhou com ele. Célia aproxima-se e o rapaz esconde o bilhete à pressa. Ao olhar em volta repara que duas colegas lhe estão a sorrir. Imediatamente se vira para a frente e começa a tentar trabalhar, mas algo perturbado.

Fátima fica furiosa quando Carlos chega ao palacete com Dulce e diz que, afinal já não vão passear os dois e comer caracóis, porque a mãe não gosta e uma vez que os vai acompanhar, preferem ir a Óbidos dar um passeio e comprar uma ginjinha. Isabel ainda tenta convencer Dulce a ficar no palacete a pretexto de ter de falar com ela mas a madrinha não se demove de estragar o namoro do filho com a cozinheira e diz que eles esperam, enquanto elas conversam rapidamente. Carlos fica a sós com Fátima mas ela rejeita os seus carinhos, irritada por ele ter levado a mãe consigo,

Isabel lamenta que Salvador não a tenha ajudado a arranjar um emprego e que lhe tenha dito que o facto de ter pedido desculpa por tê-la tratado mal, não significa que a queira na sua vida. Dulce critica a afilhada por ter querido aproveitar para pedir um favor ao filho, certa de que ela não pode querer que ele a trate como mãe, quando na realidade abdicou de o criar. Isabel fica resignada e pergunta à madrinha como é que está a sua situação em casa dos Aragão. Dulce conta que Laura não mudou de ideias quanto a querer que ela se reformasse e que apenas Teresa mostrou alguma pena por isso.

Vicente encontra-se com Teresa para lhe dizer que terminou a relação com Lúcia e que quer entregar-lhe o seu coração. Teresa parece não confiar muito nas palavras do namorado mas acaba por tranquiliza-lo e pedir que a beije. Vicente recebe entretanto uma chamada de Lúcia a lembrar que vão ter de conversar com os filhos e explicar-lhes que decidiram separar-se de novo. Depois de desligar, Vicente reconhece perante Teresa que a conversa com Matias e Violeta não vai ser fácil.

Andreia fala ao telefone com Sofia e implora-lhe que a deixe ficar mais um mês no apartamento, garantindo que assim que conseguir voltar a trabalhar e firmar um contrato, pagará as rendas em atraso. Sofia condescende mas avisa que será a última vez. Andreia diz que vai ter de desligar, pois estão a tocar à campainha. Quando abre a porta é surpreendida por Thaís, que nem pede licença para entrar. A namorada de Eduardo comporta-se com altivez e, ao mesmo tempo que se serve de um café, revela a Andreia que foi ela quem lhe esfaqueou a face, deixando a ameaça de a matar se ela voltar a rondar Eduardo. Assim que Thaís sai, Andreia tranca a porta de casa por dentro, ficando apavorada.

Laura decreta em casa que quer toda a família presente no desfile da Boheme. Margarida pede timidamente à mãe se pode levar companhia. Ao perceber que se trata de um rapaz, Laura fica com vontade de saber mais, mas a chegada de Teresa desvia a sua atenção, pois decide dizer que o seu namorado é Vicente. Margarida felicita a irmã mas Eduardo dispara que ele só está com ela pelo seu dinheiro. Teresa fica ofendida e reclama pelo facto de ele nem colocar a hipótese de alguém gostar dela. Laura intervém e dá razão ao filho mas Teresa encerra a questão dizendo que já tem idade para decidir o que fazer da sua vida. Vasco comenta em sussurro com Manel que Vicente é o pai de Violeta e Matias. Teresa ouve e diz-lhe que pode descansar os amigos, pois tenciona trata-los bem e que não quer substituir a mãe deles.

Vicente não tem coragem de contar a verdade aos filhos e é Lúcia quem tem de dizer que as coisas entre eles voltaram a não resultar e que por isso vão separar-se de vez. Violeta chora e recusa-se a aceitar a decisão dos pais. Matias, com a expressão carregada, diz que já sabia que aquilo ia acontecer. Vicente e Lúcia ficam tristes por estarem a fazer sofrer os filhos.

Fátima regressa a casa amuada, depois do passeio com Carlos e Dulce, que aparecem sorridentes e carregados de compras. Lé convida todos para jantar e Dulce aceita, deixando Fátima ainda mais furiosa. A cozinheira faz um ultimato ao noivo e diz que ou arranja maneira de ficarem a sós, ou começa a por comprimidos na comida da mãe dele.

Manel dá ordem a Vasco para que vá para a cama e ele pede para terminar o jogo que está a jogar. Laura intervém e o rapaz obedece-lhe sem contestar, o que causa alguma estranheza ao pai. Ela assume que finalmente o enteado começa a respeitá-la. Laura impõe a Manel uma conversa séria sobre a sua relação, levando-o a confessar que por vezes tem vontade de regressar a sua casa, mas que noutras sente vontade de continuar com ela. A empresária faz notar ao namorado que está a cavar um fosse entre eles e que será sempre melhor que converse com ela sempre que não se sinta bem. Manel cede às pretensões de Laura que lhe pega na mão, convidando a que vão para o quarto. (conclusão)

Anterior1 de 6Seguinte

Noticias relacionadas

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close