“Sol de Inverno”: resumo de 3 a 9 de março


151º Episódio 

Destaque: Mariano consegue finalmente que Beatriz aceite o convite para saírem tal qual são e não vestindo a pele de personagens da literatura. Matilde assiste emocionada à aproximação da tia ao amigo

Fábio arranja uma cinta que coloca à volta da barriga de Célia, enquanto vai explicando que a ideia é que, quando o bebé der pontapés, ele os possa sentir também. Ela fica algo atemorizada com a experiencia mas assim que o companheiro começa a simular um relato de futebol, o bebé produz uma série de pontapés que Fábio regista com tanta emoção que se desfaz em lágrimas.

Em conversa com Beatriz e Matilde, ao pequeno-almoço, Sofia confessa que dormiu bem e sonhou que tinha sido convidada para o desfile da Boheme. Embora reafirme que não tem qualquer intenção de forçar a entrada no evento, Sofia faz com que a filha e a irmã fiquem na expectativa de saber o que ela vai fazer.

Manel e Laura parecem ter despertado em sintonia. Ela confessa estar nervosa com a proximidade do desfile da nova colecção da Boheme mas, ao mesmo tempo, que ele seja um êxito, assumindo que quer estar presente no ensaio geral. Manel oferece-lhe a sua companhia e a namorada não esconde que fica feliz com o carinho que ele demonstra. Teresa desce do quarto com má cara e quando interpelada pela mãe assume que não pode estar contente depois dos comentários que fizeram a propósito do seu namoro com Vicente. Rita aproveita para intrigar contra Dulce, queixando-se a Laura de que ela não lhe larga a cozinha, apesar de estar reformada. A patroa pede-lhe tempo para que Dulce se habitue e manda-a fazer o seu trabalho sem preocupações. Rita fica descontente mas acata a ordem. Ao saber que Margarida saiu cedo, Teresa exclama que a irmã está muito madrugadora, enquanto Laura fica a pensar no assunto.

Margarida avista Tomás e Lúcia na praia, quando eles acabam de surfar. Enquanto continua a caminhar na direcção deles, Lúcia encontra a coragem que nunca teve antes e decide assumir os seus sentimentos, beijando-o com grande paixão. Margarida fica destroçada com o que vê, ignorando que Tomás ficou tão surpreendido quanto ela. Ele começa a refazer-se do momento e quando tenta dizer algo é interrompido por Margarida que lhe telefona, esforçando-se por disfarçar que o viu trocar um beijo com Lúcia e diz apenas que chegou ao bar perguntando onde é que ele está. Tomás também tenta disfarçar a sua perturbação e combina encontrar-se com ela, dizendo que acabou de surfar e que está a ir ao seu encontro. Depois de desligar esclarece com Lúcia que ela chegou atrasada ao seu coração, indiciando que se o tivesse beijado antes de ele estar com Margarida as coisas entre eles poderiam ser diferentes. Lúcia confessa que receava ouvir aquela resposta e afasta-se muito triste por perceber que devia ter aberto o seu coração a Tomás, mais cedo.

Fátima anda de um lado para o outro com uma faca na mão e resmunga porque Dulce a impede de gastar a energia na intimidade com Carlos. Concha comenta que ela ainda vai partir alguma coisa e Lé tira-lhe a faca para que não se magoe. Lé conta a Concha que Lúcia lhe pediu para voltar ao palacete e comenta que o momento é particularmente delicado por causa de mais uma separação. Concha lembra que tinha a convicção de que aquela relação não iria resultar. Fátima parte uma jarra e Lé assume na brincadeira que vai ter de se dedicar ao barro porque a cozinheira vai arrasar.

Laura ultima ao telefone os últimos pormenores do desfile da Boheme quando Manel entra no gabinete. Ela deixa transparecer alguma ansiedade e recebe um beijo com o qual não contava, confessando ao namorado que o gesto que acabou de ter a ajudou a recuperar o ânimo. Laura mostra-se preocupada com a possibilidade de Sofia querer vingar-se dela por ter queimado a colecção da Mood. Manel acha que ela se preocupa demasiado com Sofia e que a Boheme é uma marca suficientemente forte para se impor sem jogos baixos. Laura fica a pensar nos conselhos de Manel.

Sofia e entra em casa com uma mala e certifica-se de que está só antes de ligar a Benedita. A secretária está a receber instruções de Laura para o desfile da Boheme e fica aflita ao ver quem lhe está a ligar, colocando o telefone no silêncio. Já fora do gabinete, Benedita atende o telefone fixo acusando a pressão por Sofia lhe estar a ligar para aquele número. Sofia desvaloriza os receios e força Benedita a ir a sua casa buscar a mala que quer que ela leve para o desfile da Boheme.

Tomás procura Margarida no bar e senta-se à mesa depois de a cumprimentar com um beijo. Entretanto não evita trocar olhares com Lúcia, que Margarida percebe, sentindo cada vez mais dificuldade em esconder que os viu dar um beijo. Margarida fica ainda mais magoada pelo facto de Tomás não contar o que se passou entre ele e Lúcia.

Matilde conta a João Maria que está mal disposta e que até já vomitou, lembrando-se de que já ao pequeno-almoço se tinha sentido esquisita. Ele insiste que devia ir às urgências, mas acaba por se ir embora depois de lhe dar o beijo da praxe. Mariano pede desculpa a Matilde por estar a envolvê-la no seu caso com Beatriz e pede-lhe o último favor de atrair a tia à livraria assim que ele sair. Mariano deixa Matilde na expectativa, pois não revela qual é o plano que idealizou para conquistar o coração de Beatriz.

Cumprindo o que prometeu ao amigo, Matilde atrai Beatriz à livraria com o pretexto de que a tia a ajude a consertar uma falsa avaria da caixa registadora. Nesse momento, Beatriz recebe uma chamada de Eça e atende, afirmando-lhe o seu espanto por não estar a contar com aquele telefonema depois do último desencontro. Nesse instante e ao mesmo que continua a falar, Mariano entra na loja ao telefone, despindo a pele do famoso escritor, reduzindo-se a si próprio. Beatriz fica pasmada e cativada pelas palavras sedutoras que ele lhe dirige, enquanto Mariano dá o remate final convidando-a para sair nessa noite, não em nome de uma personagem literária, mas simplesmente como Mariano. Matilde assiste ao desenrolar da conversa com grande emoção e Beatriz, algo envergonhada, aceita o convite para sair com o seu apaixonado.

Margarida conta a Alice ter percebido que foi Lúcia quem beijou Tomás mas a amiga defende que, mesmo assim, ela devia falar com o namorado para esclarecerem as coisas, senão vai ficar sempre inquieta por saber que ele está a trabalhar na escola de surf que é mesmo colada ao bar da praia. Laura interrompe a conversa, entrando com o largo sorriso para tratar do penteado que vai exibir no desfile da Boheme.

Fábio insiste nas suas excentricidades para acompanhar a gravidez de Célia e põe-se a massajar-lhe a barriga quando ela está a trabalhar e diz nomes de doces, porque o livro didáctico que comprou menciona que se o bebé que está para nascer ouvir palavras doces nascerá mais feliz. Célia tem um ataque se fúria e obriga-o aos berros a ir trabalhar. As colegas começam a comentar entre si o desentendimento e também levam a sua reprimenda. Artur tenta proteger Célia da insensibilidade do marido mas também ele está preocupado, pois recebeu mais um bilhete contendo mais uma declaração de amor. Fábio lê o bilhete e começa a criticar a ortografia começando a apontar eros que não existem. Artur confirma que o que está no bilhete está bem escrito.

Benedita mostra-se renitente em colocar no desfile da Boheme a mala que Sofia lhe acaba de entregar, ainda que ela diga que lá dentro não existe qualquer bomba. A secretária de Laura muda imediatamente de ideias e aceita fazer o trabalho assim que Sofia lhe diz até estava a pensar pagar-lhe trinta mil euros.

Laura mostra-se feliz depois do ensaio geral do desfile da Boheme e Teresa comenta com Manel que já não via a mãe assim desde que ele foi morar lá para casa.

Andreia regressa ao apartamento depois de ter ido fazer o penso ao hospital e comenta com Filipa o que lhe aconteceu, contando-lhe que a namorada de Eduardo assumiu ter sido a autora da agressão. Andreia é consolada pela a amiga mas não consegue evitar chorar.

Eduardo admira em silencio os movimentos de Rita ao vê-la limpar a sala. A empregada fica constrangida mas ele diz com ar lascivo que ela não está a incomodar. No entanto, é obrigado a deter-se com a chegada de Thaís que pede opinião sobre o vestido que está a usar. Eduardo diz que está bem e a namorada fica ofendida por ele não mostrar entusiasmo. Ele é obrigado a corrigir, esbarrando no elogio que Rita faz a Thaís. Esta, antipática, faz com que Eduardo a siga para o quarto para escolher outro vestido. Ele deixa escapar que não sabe porque lhe pede opinião, se depois faz o que quer.

Dulce entra na cozinha para sabotar mais uma vez os cozinhados de Rita. Carlos aparece nesse instante e estranha a presença da mãe. Rita logo de seguida fica desconfiada por vê-la de novo ali, mas a antiga cozinheira desculpa-se e diz que só foi pedir-lhe um ovo emprestado Apesar de ser o último de que dispõe, a rival entrega-lho, pedindo ao motorista que vá comprar mais quando sair. Carlos apressa-se a dizer que não tenciona sair mas é desmentido por Rita, fazendo com que Dulce diga que vai com ele. Antes de sair, Dulce devolve o ovo a Rita e quando lho entrega, esborracha-o na sua mão, deixando Rita toda suja e naturalmente furiosa. Carlos, desolado, escreve uma mensagem que envia a Fátima, contando-lhe que para estar com ela tem de levar a mãe. A namorada fica tão irada que atira o telemóvel para o lava-loiça que está cheio de água. Depressa se arrepende mas tarde demais. Lé ainda se esforça para a acalmar com exercícios de meditação mas ela assume que só vai descansar quando atirar qualquer coisa à cabeça da sogra.

Célia espera que Fábio chegue a casa e explica-lhe que já não aguenta mais a pressão que ele tem exercido sobre si por causa da gravidez. Assim, decreta que ele tem de ir viver para casa dos pais até a criança nascer, para evitar acabar tudo com ele. Fábio afirma que percebe o que ela está a pedir e começa a fazer a mala, embora desiludido.

Laura pede concentração máxima no desfile da Boheme e repete ao produtor as indicações que já havia dado. Teresa elogia o trabalho de Simão e ele reconhece que fez mal em ter resistido tanto em ir trabalhar como designer na empresa. A irmão afirma que estão todos orgulhosos dele mas Simão brinca e frisa que serão todos com excepção de Eduardo que a esta hora já deve ter uma lista de piadas sobre ele. Laura aproxima-se e conta que vai fazer desfilar uma linha inteira que ele desenhou e Simão agradece à mãe. O produtor comunica a Laura que tem lá fora um amigo produtor italiano e ele segue para o receber pessoalmente. No caminho descobre Benedita que acabou se pousar, segundos antes, a mala que Sofia lhe entregou. A secretária que disfarça com algum nervosismo a sua ausência, conta à patroa que esteve o tempo todo com as promotoras do evento. Laura manda-a receber os jornalistas para ajudar a outra colega que está a desempenhar essa missão. Benedita acata e acompanha a empresária até à frente do palco.  (conclusão)

Partilhe: Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close