“Sol de Inverno”: resumo de 30 de dezembro a 5 de janeiro

Anterior1 de 3Seguinte


94º Episódio

Luís percebe que lhe estão a montar uma armadilha e não recolhe o dinheiro que Margarida deixou no local combinado

Joana lê um email que a mãe está a escrever para o seu amigo da internet em que diz quer a filha tem um feitio complicado. Joana discute violentamente com Beatriz, fazendo-a chorar convulsivamente.

Luís passa lentamente no seu carro junto à papeleira onde Margarida deixou o dinheiro mas só para mais à frente, num local onde não pode ser detectado. De longe apercebe-se da presença de um dos agentes da Polícia Judiciária e murmura um insulto contra Margarida, concluindo que ela o denunciou. Luís arranca lentamente com o carro e desaparece sem que os agentes vejam.

Gabriel sai do gabinete de Laura e Benedita pede-lhe que resolva um problema no computador, já que não consegue imprimir documentos. A secretária procura saber o que é que a patroa lhe queria e fica intrigada quando ele revela que não foi chamado para resolver qualquer problema informático. Benedita convida o colega para almoçar com ela, na expectativa de saber mais.

Adelino confessa a Sofia que está farto de estar em casa e decide colocar o rapaz que partilha o táxi a conduzi-lo apenas no período da noite. Sofia recebe uma chamada da diretora de marketing da empresa que lhe faz queixas do comportamento de Joana. Adelino exclama que a rapariga nunca mais tem juízo e Sofia responde que vai ter de falar com a sobrinha, pois ela tem de aprender a respeitar as pessoas. A designer despede-se do pai e diz que vai à Boheme entregar mais alguns desenhos, aproveitando para impor a sua presença.

Mariano coloca um cartaz na montra da loja de Beatriz a dizer “Proibida a entrada a gordas”. Algumas clientes passam pelo pronto-a-vestir e ficam indignadas Mariano ri e Beatriz fica furiosa, amachucando o cartaz. O livreiro diverte-se e diz que ela já devia estar à espera da sua resposta à partida que ela lhe pregou. Beatriz ameaça que se for despedida por causa do cartaz lhe queima os livros todos.

Rosa vai à livraria e compra um livro. Mariano aconselha-a a inscrever-se no workshop de escrita criativa que está a organizar.

Fátima cantarola enquanto faz uma salada e Lé dá-lhe os parabéns pela forma como ela reagiu quando se cruzou com Carlos no bar da praia. Fátima reconhece que está a ser difícil esquecê-lo, mas não perdoa que a tenha enganado. Concha regressa de uma reunião com um operador turístico e conta á mãe que o encontro não correu bem. Lé sugere que a gestão do hotel continue como estava mas a filha pede-lhe que ao menos a deixe tentar fazer uma gestão à sua maneira. Concha fica incrédula quando se apercebe que Lé e Fátima estão de saída para o bar da praia, carregadas com alguns eletrodomésticos, dizendo que vão ajudar Lúcia a pôr o bar em ordem, depois do assalto que foi feito.

Lúcia chora inconsolável por ter ficado particamente sem nada depois do bar ter sido assaltado e culpabiliza-se pelo que tem acontecido de mau na sua vida. O desânimo é notório pois não acredita que a polícia consiga apanhar os ladrões. Tomás abraça-a com carinho e Vicente fica cheio de ciúmes ao ver aquela cena quando chega. No entanto acaba por não reagir e cumprimenta a ex-mulher com um beijo, entregando-lhe uma liquidificadora e dizendo que tem algum dinheiro de parte que lhe pode dar para ela substituir alguns dos equipamentos roubados. Fátima e Lé entram no bar para ajudar e todos deitam mãos ao trabalho para reabrir o estabelecimento ainda durante a tarde. Lúcia fica um pouco mais animada.

Simão conversa com Nuno e diz que é um risco mudar a estratégia que estava definida para a Boheme. Nuno estranha que Sofia tenha esse poder mas o namorado esclarece que ela pode fazer o que quiser, pois conta com o apoio de Andreia. Simão muda de assunto e confessa a sua preocupação por não ter notícias de Teresa e Margarida.

Teresa agradece ao advogado por ter acompanhado a tentativa de captura do chantagista de Margarida. Esta critica a polícia mas a irmã faz-lhe ver que se o criminoso não apareceu, ninguém tem culpa. Margarida está desesperada e teme que o vídeo seja tornado público. Quando se encaminha para o quarto, cruza-se com Rita. Teresa pede à empregada que lhe leve uma torrada diz que vai estar na biblioteca. Dulce atende um estafeta que bate à porta e lhe entrega uma encomenda para Laura.

Sofia diz a Benedita que vai sair e a secretária avisa-a de que têm de falar. Manel chega nesse instante e troca palavras azedas com Sofia, que o acusa de se ter vendido por pouco a Laura. Ele lembra que lhe pediu para reatarem e que foi ela quem recusou. Sofia é ainda mais cruel e afirma que só o facto de imaginar que ele já foi para a cama com Laura lhe dá nojo.

Manel entra no gabinete de Laura ainda incomodado com a discussão que acaba de ter. Ela, pelo contrário, fica feliz por vê-lo e dá-lhe um beijo. Manel conta que se cruzou com Sofia e Laura afirma que a presença dela na empresa a deixa nervosa. Manel pede-lhe que assine um cheque de que necessita e Laura convida-o para jantar lá em casa, pois pretende evitar que as conversas à mesa se centrem no aparecimento do telemóvel de Eduardo, temendo que os outros filhos alimentem falsas esperanças de que o irmão esteja vivo.

Inês ouve com preocupação Luís contar que quando foi recolher o dinheiro que Margarida tinha deixado no local combinado, percebeu que a polícia estava à sua espera. Inês quer desistir de tudo com medo de ser apanhada mas ele garante que vai até ao fim e revela que já enviou um DVD a Laura para comprometer Margarida. Sem se deter, ordena em tom de ameaça a Inês que se mantenha calada. A rapariga fica com medo do que Luís possa fazer.

Vicente observa a desenvoltura com que Fátima atende os clientes no bar e repara na satisfação com que eles a olham, aproveitando o momento para dizer a Lúcia que era preferível tê-la contratado em vez de Tomás. Lúcia nem presta bem atenção, confessando que tem de pedir a Lé que a deixe ficar mais um mês no palacete, uma vez que ficou sem condições para se mudar, depois do assalto ao bar. Vicente oferece a sua casa, uma vez que estão de novo juntos. Lúcia lembra que tem de falar com os filhos sobre isso e o ex-marido propõe que o façam juntos. Ela fica agradada com a sua disponibilidade, mas assume que tem de falar sozinha com Matias e Violeta.

Matias confessa que está preocupado com o facto de os pais ficarem de novo juntos, porque receia que se zanguem outra vez, fazendo-os passar por outra separação. Violeta acredita que desta vez isso não vai acontecer. Vasco conta que chegou a desejar que os seus pais se reconciliassem mas que hoje já percebeu que isso é impossível, certo de que já não gostam um do outro.

Lé diz a Tomás que quer que ele volte a morar no palacete e deixa-o à-vontade, garantindo que vai tratar do assunto com Concha. Tomás agradece o gesto da amiga.

Isabel conversa com Horácio e fica desagradavelmente surpreendida ao saber que jacinto se entregou ao álcool para esquecer os problemas financeiros Entretanto repara que Célia não está no seu posto de trabalho e vai descobri-la no balneário feminino. Célia acaba por confessar que está preocupada pelo facto de ainda não conseguir envolver-se na intimidade com Fábio, temendo que ele se farte de esperar. Isabel garante-lhe que o rapaz será paciente, pois gosta mesmo dela. Célia também se mostra preocupada com a ida a tribunal para representar o avô de Mariano. Isabel aconselha-a a tratar primeiro do processo e depois de Fábio.

Rosa conta a Ana que está a pensar fazer um curso de escrita para se entreter e a filha aprova a ideia. Rosa vinca que não tenciona tornar-se escritora, mas também não descarta fazer um livro para os netos, referindo-se a Vasco e à criança que Nuno pretende adoptar. Ana acha que o irmão tem condições para ter uma criança mas a mãe diz que é melhor que o pai não as ouça, senão fica a ferver. Ana diz que está farta das embirrações do pai e ameaça responder-lhe á letra. Rosa elogia o facto de ela ter permitido que Manel fosse levar o filho à escola e Ana aproveita para mentir, dizendo que não pode privá-lo do contacto com o pai. Perante a curiosidade da mãe, continua a enganá-la e afirma que lhe tem feito muito bem conversar com o psicólogo. A mãe aconselha-a a arranjar um namorado mas Ana diz que não está interessada.

Horácio visita Jacinto que diz estar farto da vida que tem, magoado por ninguém lhe dar emprego. O amigo aconselha-o a não se entregar à bebida e testemunha o desprezo com que Lurdes trata o marido. Jacinto confessa a Horácio que também já não suporta a mulher.

Artur percebe a atrapalhação de Tomás para atender os clientes no bar e vai ajudá-lo atrás do balcão. Numa das mesas, Carlos pergunta a Fábio como foi a sua noite com Célia e mal acredita quando ele conta que nada de especial se passou.

Lúcia conta aos filhos que está disposta a dar mais uma oportunidade ao pai e fazer uma tentativa para morarem outra vez todos juntos. Violeta acredita que desta vez as coisas vão resultar mas Matias acha que vão acabar por separar outra vez, pois a mãe afirma que não pode prometer nada.

Mariano começa a entrar em pânico depois de falar com o avô, temendo não conseguir fazer-se passar por advogado. Lé dá-lhe coragem e o livreiro pressiona Célia para reverem o processo, assim que ela chega.

Joana trata mal a mãe depois de ler um email que ela está a escrever dizendo que a filha tem um feitio complicado. Joana acusa a mãe de ter uma vida desinteressante por ser medricas e acrescenta que se não fosse a tia a meter dinheiro em casa, estariam a viver num buraco. Adelino vem de dentro e grita para a neta que se acabou a discussão. Joana diz que com firmeza que acabou mesmo e vai apressada para o seu quarto. Beatriz chora desesperada, consolada pelo pai.

Andreia recebe de Sofia a chave do apartamento que ela lhe alugou e admira o espaço. Depois de estar sozinha lia a Luís e diz-lhe para subir.

Ignorando que Inês faz parte do esquema de chantagem que tem sofrido, Margarida conta-lhe que a entrega do dinheiro correu mal e que a polícia não conseguiu apanhar o bandido. Inês também fica a saber que foi Teresa quem envolveu a polícia no caso.

Laura conta a Teresa que está a namorar com Manel e fica aliviada porque a filha assume de imediato o apoio à relação da mãe. Laura aproveita para lhe pedir ajuda para contar aos irmãos e Teresa afirma que eles também vão ficar contentes com a revelação.

Dulce entra na biblioteca e entrega a encomenda que recebeu. Laura fica intrigada e chega-se ao computador para ver o DVD que lhe enviaram. 

Anterior1 de 3Seguinte
Partilhe: Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Noticias relacionadas

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close