“The Voice” aproveita o fim de “A Máscara” e do “Pesadelo da Cozinha” para se destacar

"

O “The Voice Portugal” foi a terceira escolha dos telespetadores na noite de domingo frente ao “Pesadelo da Cozinha”e “A Máscara”. Porém, quando as privadas terminaram os seus formatos, a RTP1 disparou.

Com inicio pelas 21h08, o “The Voice Portugal” registou 7.8 de audiência média e 17.7% de share. Cerca de 737 mil telespetadores acompanharam o talent show da RTP1.

Pelas 23h00, o “The Voice Portugal” assumiu a liderança das audiências. Entre as 22h41 e as 23h30, Catarina Furtado e Vasco Palmeirim conseguiram uma média de 21% de share com 8.4 pontos de rating (798 mil telespetadores).

Já a última parte, o programa conseguiu 7 pontos de rating (666 400 telespectadores) e 25.2% de share.

Às 22h51, o “The Voice” teve o seu pico de audiência com 10.2 pontos de rating. Já em share, foi pelas 23h55 com 27.6% de share.

Na SIC o filme “A Agente Vermelha” só conseguiu a liderança com o fim do “The Voice Portugal” tendo registado 3.6 de audiência média (336 800 telespectadores) e 14.3% de share.

Na TVI, o “Querido, Comprei uma Casa” conseguiu a vice-liderança (5.6/15.3%), ao contrário de “O Amor É um Sonho” (2.1/7.8%) que fechou em terceiro lugar.

Os dados apresentados são provisórios, da responsabilidade da CAEM/GfK e podem sofrer alterações. Inclui Vosdal.

Pode consultar mais dados no fórum Zapping.

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close