"

TVI antecipa regresso de Rui Vilhena

“37” de Rui Vilhena está de regresso

Rui Vilhena está a escrever “Vida Louca” para a TVI, mas o autor prepara-se para ver um outro projeto exibido no quarto canal.

Filipa Garnel, diretora de programas da TVI, decidiu reexibir a minissérie policial de Rui Vilhena “37” que tem como protagonista Sofia Alves e João Reis.

Em 2010, “37” estreou com 7.8% de audiência média e 26.1% de share. O seu último episódio a 14 de março, registou 10.4% de audiência média e 47.2% de share.

“37” vai para ao ar já este domingo, pelas 22h45, após “Prisioneira”.

Recorde a história de “37”:

Ana, uma professora universitária, aparece estrangulada nas escadarias da Faculdade de Medicina com uma capa estudantil a cobrir-lhe o corpo. A brutalidade do delito chama a atenção dos media, põe em alerta a polícia e deixa em choque o Pólo de Investigação (PI) da faculdade onde a vítima era colaboradora pontual. Crime passional? Ajuste de contas? Vingança? Inveja? Qual o móbil do crime? E qual o significado dos símbolos que o assassino fez questão de deixar marcados na vítima?

As suspeitas multiplicam-se e recaem em particular sobre a nova directora, Helena, uma neuropsiquiatra que regressa dos Estados Unidos, onde se especializou em casos de crianças com autismo, e que ingressou no PI exactamente no dia em que o primeiro crime é cometido.

No início da investigação, Helena vai tornar-se suspeita devido à aproximação a Gonçalo, o noivo da vítima, também ele um dos suspeitos do crime.

A proximidade entre Helena e Gonçalo deixará o investigador Raul em alerta e as perguntas irão suceder-se umas às outras: Será que se conheceram antes do regresso de Helena a Portugal? Teriam mantido um caso em segredo que os levasse a matar Ana? Por outro lado o estrangulamento e a capa estudantil não seriam elementos mais próximos dos crimes habitualmente cometidos por psicopatas? Ou teriam sido apenas uma forma de iludir a polícia?

No entanto, a suspeita da polícia será de certa forma deturpada por um sentimento que Raul é incapaz de controlar: a progressiva paixão que vai sentir por Helena. Na verdade, Helena-Raul-Gonçalo formarão um triângulo amoroso onde um dos lados será marcado pela cumplicidade (Helena e Gonçalo) e outro pela permanente tensão (Helena e Raul). Helena irá balançar entre os dois pólos, o racional e o irracional.

Entretanto, as suspeitas de que Gonçalo é o serial killer aumentam. Será que Raul, que nunca desistiu de conquistar Helena, conseguirá salvá-la? E se não for Gonçalo o assassino? Será que as desconfianças de Raul têm fundamento ou são apenas uma forma que o polícia encontrou de os separar? Na vida amorosa de Helena nem tudo é o que parece, cada passo, cada dúvida. Encurralado pelas suspeitas do investigador, Gonçalo vai acabar por fugir com a ajuda de Helena, o seu grande amor. Os dois vão tentar provar a sua ¿suposta¿ inocência. Como? Encontrando o verdadeiro assassino. Porém, tudo isto pode não passar de um estratagema de Gonçalo para enganar todos. Dizem que as grandes paixões são uma tragédia anunciada. Será este o destino de Helena?

No entanto, as investigações policiais vão sofrer uma reviravolta a partir do momento em que for cometido outro crime.

A vítima será novamente uma professora universitária que aparece estrangulada na faculdade com uma capa estudantil sobre o corpo, ou seja, um cenário idêntico ao do crime anterior. A tese do crime passional deixa assim de fazer sentido e a faculdade passa a ser um local onde impera o medo e o suspense.

A investigação entra assim numa fase determinante, com a polícia a juntar todas as informações recolhidas até ao momento, incluindo uma pista deixada no local pelo assassino. A partir daqui, tudo pode acontecer nesta história de amor e suspense…

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close