TVI deixa Iva Domingues sozinha na polémica com a cidade de Guimarães


A TVI e Iva Domingues continuam de costas voltadas e o facto de a estação ter pedido desculpas pelo sucedido à cidade de Guimarães veio culpabilizar a apresentadora definitivamente.

Recorde-se que há algumas semanas a profissional, em conversa com Joaquim Letria, no “A Tarde é Sua”, referiu que «Guimarães… Já o Eça [de Queirós] dizia… Só mudam as moscas porque a trampa é sempre a mesma».

Esta frase, dita acerca de uma conversa sobre o saneamento da cidade minhota, ganhou proporções gigantes nas redes sociais. Iva Domingues é bracarense e há uma espécie de rivalidade (muitas vezes saudável) entre a cidade dos Arcebispos e Guimarães.

Uma fonte próxima da apresentadora referiu ao Correio da Manhã que mais do que tudo, Iva Domingues está magoada por a TVI não ter saído em sua defesa. «A Iva ficou muito magoada, não só por a TVI ter pedido desculpas pelas palavras dela, mas sobretudo por não a ter defendido. Ela sentiu-se sozinha, isolada, como se tivesse cometido um grande crime», conta.

A apresentadora está há 15 anos na TVI, desde que coapresentou o “Cocktail Nacional” e agora é apontada à CMTV.

«A Iva ficou muito magoada, não só por a TVI ter pedido desculpas pelas palavras dela, mas sobretudo por não a ter defendido. Ela sentiu-se sozinha, isolada, como se tivesse cometido um grande crime», avança a mesma fonte ao jornal da Cofina.

Colaboradora da quatro, Iva só recebe quando trabalha, pois não tem qualquer vínculo à estação. Essa situação está a deixar a apresentadora apreensiva: «A Iva é uma mulher empreendedora e com a Rita [Ferro Rodrigues] criou o blogue Maria Capaz. Mas isso não gera rendimentos, pelo menos até agora: A vida não está fácil para ninguém e a Iva não é exceção».

Um outro amigo da ex-apresentadora do ‘Extra’ do “Secret Story” afirma que «ela não acha justo o que lhe fizeram. A intenção dela não foi ofender os vimaranenses e nunca esperou que ficasse sozinha na polémica».

«Ela nunca deixou de trabalhar. Tem feito os ‘extras’ e os diários dos reality shows, os programas de fim de semana. Enfim, isto foi um duro golpe. Ela sente-se muito injustiçada, está a passar um mau bocado e ainda se sente revoltada por acharem que ela atacou os habitantes de Guimarães por ter nascido em Braga», conta outra fonte ao CM, acrescentando que «Toda a gente sabe que há uma rivalidade entre os vimaranenses e os bracarenses, mas dizerem que ela fez isso como forma de ataque foi um insulto para ela».

Partilhe: Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close