TVI ‘descarta’ “Giras e Falidas” e aposta em série de Artur Ribeiro


Redenção TVI

“Redenção” volta a ser aposta da TVI

Ao contrário do que foi anunciado pela própria TVI, a série “Giras e Falidas” já não vai ser reposta ao final da noite, no lugar do Extra do “Secret Story: Casa dos Segredos 6”.

A estação optou por mudar de série e vai reexibir uma minissérie escrita por Artur Ribeiro, autor de sucessos como “Belmonte” e “Santa Bárbara”.

“Redenção” é a aposta da TVI para ocupar os primeiros dias sem reality show até à estreia do “Desafio Final 4”.  A minissérie de cinco episódios conta com António Capelo,  Miguel Guilherme, Carla Andino, Paulo Matos, Sónia Brazão e Melânia Gomes no elenco.

A estreia de “Redenção”, a 11 de junho, foi o programa mais visto durante a sua emissão. A minissérie da TVI obteve 9,3% de audiência, tendo sido visto por uma média de 878.900 espectadores. Redenção obteve um share de 31,6% e foi o terceiro programa mais visto do dia. Já o último episódio fechou com 7% de audiência média e 31,2% de share.

O primeiro episódio está previsto para ir ao ar pelas 23h50, após “A Única Mulher”.

Veja como fica a programação da TVI para o dia 2 de janeiro:

21:41 A Impostora
22:57 A Única Mulher
23:50 Redenção
00:55 The Hollow Crown

Recorde a sinopse de “Redenção”

Rogério Natal, é um empresário de sucesso sem escrúpulos, que subiu na vida à custa de muitas pessoas. Mulherengo e muito preocupado com a sua imagem, ultimamente sente-se em baixo de forma e acaba por se ver confrontado com o seu maior pesadelo ao ser diagnosticado com Parkinson.

Decidido a pôr fim à sua própria vida, para não passar pelo sofrimento e degeneração da doença, tenta suicidar-se mais que uma vez mas sem sucesso até que percebe porque não consegue: é o seu ‘Anjo da Guarda’ que o tem impedido e lhe aparece, explicando que não vai conseguir pôr fim à sua vida enquanto não emendar muito do mal que fez para que a sua alma possa ir para o céu.

O Anjo tem uma lista de pessoas cujas vidas terá de melhorar antes de poder garantir esse lugar celestial e morrer em paz. O anjo avisa-o que a concorrência quer muito a alma dele lá em baixo e que ele não pense que vai ser fácil cumprir a missão que ele lhe está a confiar, porque não terá a vida facilitada e terá de enfrentar muitos obstáculos.

Rogério tenta voltar à vida normal, tentando convencer-se que o anjo é apenas uma alucinação, mas, por via das dúvidas, começa a procurar a primeira pessoa que o Anjo lhe indicou da lista. Trata-se de Júlia, a noiva que há 30 anos atrás deixou no altar na sua terra natal.

A partir desta primeira missão, que termina com uma lição de vida para Rogério, ele vai seguir à risca os nomes que o Anjo lhe vai entregando, mas não vai ser fácil cumprir as missões de que é encarregue, que incluem resolver alguns graves problemas sociais que a sua própria empresa é responsável, tudo isto mantendo o lado de missão divina escondido do seu sócio, amigos e conhecidos, que ao ver o comportamento fora de normal de Rogério começam a achar que enlouqueceu. O sócio tenta afastá-lo da empresa. Os poucos amigos que tem revelam-se falsos e oportunistas.

Ao longo da sua missão irão suceder constantemente tentações nas mais variadas formas para lhe dificultar as tarefas. Será que Rogério se consegue redimir pelas boas acções com que tenta emendar os seus erros? E será tarde demais para reencontrar o amor?

Partilhe: Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close