TVI mantém 2º lugar nas audiências e perde liderança anual

"
tvi

Logotipo TVI

A TVI manteve a segunda posição no campeonato das audiências em março, atrás da SIC. A quatro perdeu ainda a liderança anual, mas manteve-se líder em prime time.

A ficção da TVI continua a ser a fortaleza do canal ao conquistar, mais uma vez, a preferência dos portugueses com “Valor da Vida”, a novela mais vista, e “A Teia” que reforça a liderança no seu horário de exibição.

“Gente Que Não Sabe Estar” de Ricardo Araújo Pereira continuou a liderar nas noites de domingo e a impulsionar o “Jornal das 8”.

A TVI continua a reforçar a liderança no prime time ao registar 22,1% no Universo. No principal target comercial, Adultos – também em prime time -, a TVI lidera, com um share de 22,5%, de acordo com os dados da GfK. No final do 1º trimestre a TVI lidera destacada o prime time com 22.8% de share no Universo e de 23.2% em Adultos.

Março foi um mês marcado pela estreia de “Começar do Zero” que à data já alcançou uma audiência média de 1 milhão de 5 mil espectadores e um share de 21.8%.

Ainda ao domingo à noite, “Gente Que Não Sabe Estar” de Ricardo Araújo Pereira, continua a reforçar a liderança durante o seu horário de exibição, alcançando uma audiência média de 1 milhão 283 mil espectadores e um share de 25,8%.

Também o “Jornal das 8” mantém a liderança com 951 mil espectadores e um share de 20,7%, contribuindo o jornalismo de investigação para estes resultados.

“Ana Leal” atingiu uma audiência média de 1 milhão e 61 mil indivíduos, a que corresponde uma quota de mercado de 21.8%. Já “Alexandra Borges” obteve 1 milhão 150 mil espectadores e 24,0% de share e “O Deus e o Diabo” apresentado por José Eduardo Moniz, conquistou 899 mil espectadores.

A ficção da TVI continua a ser a preferida dos Portugueses. Em março, “Valor da Vida”, foi a novela mais vista, registando uma audiência média de 1 milhão 48 mil espectadores e um share de 23,5%. Também “A Teia”, lidera no seu horário de exibição, com uma audiência média de 800 mil espectadores e um share de 24,1%.

No desporto, em março, a TVI trouxe às televisões portuguesas a transmissão exclusiva da Liga dos Campeões, que obteve um share líder de 42,8% com base numa audiência média de 2 milhões e 112 mil indivíduos. No target masculinos, o share subiu para 50,9%.

Destaque, ainda, para o regresso o programa “Conta-me Como És” que liderou no seu horário com uma audiência média de 410 mil espectadores.

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close