“Valor da Vida”: Resumo dos próximos episódios

"

Episódio 135 (25 de fevereiro a 3 de março)

Horácio pergunta a Bruno se ficava feliz com a ideia do pai estar vivo e ele responde que para ele está morto, pois não gostou de saber muita coisa. Horácio afasta-se da casa de Camilla e chora perturbado.

Camilla acusa Jaques de a trair e diz que Dalva não é melhor, pois foi ela que a ajudou a sair do barraco de onde vivia. Isabel partilha com Leo que a mãe ficou maluca quando soube que eles sabiam de Camilinha e conta que disse à mãe que ele vai lá para casa, mas Leo diz que não quer ir, pois só quer estar em paz.

Nasser diz que quer Raissa e Aminah acusa-as de se portam como prostitutas. Nasser agarra Raissa e diz que ela vai para casa, Alexandre agarra-o e Nasser fica tenso.

A polícia detém Piedade e o Padre por sequestro e abuso de menor e levam-nos para a esquadra. Camilla diz a Dalva que esteve no lugar dela e teve de vender um rim para sustentar a filha e gostava que não a destruíssem. Jaques reforça que ninguém quer isso, apenas querem viver em paz.

Bruno diz a Eugénio que o pai morreu para ele, mas não conta porquê e sai a correr. Eugénio tenta ir atrás dele, mas cai, quando chega Aline e fica chocada ao reconhecer Eugénio.

Nasser diz que Raissa é dele por direito e Paulo dá-lhe um murro que o deixa estendido. Carolina diz que quer voltar a ver a mãe e Vasco diz para ela não depositar muitas esperanças no encontro, pois a mãe pode estar muito diferente.

Maria Pia conta a Maria do Céu o que aconteceu em casa de Júlia e a emprega alerta-a que não é assim que ela vai recuperar o noivo. Vasco liga para casa e avisar que vai com Carolina para Lisboa.

Eugénio conta a Aline que gosta de se vestir de mulher, mas que é muito macho. Marcelo conta a Vitorino que há um casal que quer ter outro filho com os embriões que têm congelados e Vitorino sugere incendiar a clínica e acabar com os problemas. A polícia chega a casa das libanesas e manda tudo para a esquadra.

Alexandre diz que tem de ir com o pai ao tratamento e Aisha diz que está grávida e o polícia deixa-a ficar. Rosa liga a Eugénio e avisa-o que a polícia levou Piedade e o Padre para a esquadra e Eugénio diz que finalmente vai ter paz.

Marcelo diz que não pode pegar fogo à clínica e Vitorino diz que é a única solução e assim pode começar do zero com o dinheiro do seguro. Aisha espera que o tio ajude a esclarecer a situação e que Nasser fique proibido de entrar em Portugal. Artur diz que vai sozinho para o tratamento e Aisha não deixa.

Jaques conta a Dalva que ele era falsificador de arte e quando esteve quase a ser apanhado, teve de mudar de identidade. Conta que teve de fingir que era gay, por necessidade e depois já não conseguiu voltar atrás.

Bruno diz a Pepe que o Pantera lhe deu o contacto dele e sabe que ele tem umas coisas interessantes para as dores e pede para se encontrarem. Todos chegam à esquadra e continua a discussão e a polícia vinca que todos vão ser ouvidos. Piedade aparece a correr histérica e Paulo pergunta o que é que a mãe fez. Raissa tenta acalmar Paulo e Nasser fica passado e bate nele. Nasser e Paulo são algemados, Eugénio entra e fica espantado ao ver Paulo e Nasser ali.

Diz aos polícias que é testemunha que Nasser sequestrou Raissa. Paulo pergunta ao pai o que é que a mãe fez e Eugénio conta que ela sequestrou Diogo para o curar de ser gay, deixando todos chocados. Aisha pergunta a Artur se está preparado e Artur diz-lhe que teve uma recordação de como é a quimioterapia e não gostou.

Horácio diz a Leo que tentou contar a Bruno que o pai dele está vivo e ele reagiu mal, e que ele próprio não está a saber lidar com a rejeição, pois os últimos meses têm sido incríveis.

Raissa diz a Paulo que não quer que ele arranje problemas por causa dela e Paulo diz que não suporta a ideia de Nasser estar ali. Alexandre diz que está preocupado com o tratamento do pai e Jamilah reforça que acha que ele está preocupado é por Aisha estar sozinha com Artur.

A enfermeira diz a Artur que é possível que ele tenha de ficar internado. Artur acha que Aisha devia ir para casa, pois está grávida e não é bom estar ali. Aproximam as caras e ficam com as bocas muito próximas.

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close