“Valor da Vida”: Resumo dos próximos episódios

"

Episódio 192 (6 a 12 de maio)

Artur quer saber quem é que lhe está a querer fazer mal e pede ao guarda para ligar de novo a pedir comprimidos e ele diz-lhe que vai tentar.

Todos percebem agora, porque é que Danilo era tão atencioso com Leonor e Vasco assente que ela tem de ir embora. Papa conta a Artur que Camilla tentou ajudá-lo e revela que Horácio roubava os rins às vítimas e largava-as na rua e que ela ameaçou deixa-lo se continuasse com o negócio nesses moldes.

Joana diz que não consegue viver sem Cláudia e ela assente que a namorada tem de se pôr bem e depois tem de consultar um psicólogo. Leo diz que Artur não pode continuar naquela prisão e decide ir aos Estados Unidos à procura do juiz.

Jaques conta que não pode ir com ele, por ter identidade falsa, pois é procurado por falsificação de obras de arte. Joana acusa Cláudia de andar com Luís e o advogado anui que são apenas amigos, e Joana descontrolada, ameaça matar todos.

Bruno chega e confirma que entregou os comprimidos ao guarda e Jesus diz que só falta saber se Artur os recebeu.

O guarda liga e conta que não conseguiu entregar os comprimidos e Camilla pede para ir a casa dela. Artur está desesperado e Papa diz que o nome de Camilla pode ajudar, pois ela é poderosa.

O chefe dos guardas aparece e manda Artur e o Papa saírem da cela. Papa vinca que roubaram os comprimidos de Artur e o chefe da guarda assente que se não aparecerem, revista a prisão inteira.

Renato liga a Rodolfo e conta que Artur está em apuros, pois estão a impedi-lo de ter acesso aos comprimidos. Rodolfo acha que é Jesus e diz que têm de tirar Artur da prisão.

Leo diz a Jaques que já lhe devia ter contado e pergunta quem é que pode ir com ele aos Estados Unidos e o estilista lembra-se de Bruno.

Maria Pia e Maria do Céu acham que Carlos merece ser denunciado e Carolina vinca que ele já viveu com a culpa durante muitos anos.

Carlos revela que já entregou o distintivo, e que não pode continuar a defender a lei. Leonor acusa Sara de ter quebrado o acordo e Sara vinca que já perdeu tudo, e que não tem medo dela.

Cláudia liga à mãe de Joana e conta que ela se tentou matar e Helena revela que já não é a primeira vez. Vasco não percebe como é que Carolina está a proteger Carlos e ela diz-lhe que é compaixão, pois todos erram.

Vasco pergunta se ela também quer perdoar Sara e Carolina afirma que a irmã é má e não confia nela. Becas chega para falar com Carolina e esta conta à amiga que foi Carlos que provocou o acidente há oito anos.

Carlos desabafa com Cidália e revela que foi ele que provocou o acidente de Carolina e Vasco, pois colocou um soporífero na bebida de Vasco.

Todos discutem como é que vão conseguir fazer chegar os comprimidos a Artur, o Guarda chega e fica receoso ao ver tanta gente. O preso engoliu os comprimidos de Artur para não ser descoberto.

Guardas entram na cela e dizem que vão revistar tudo. O chefe manda passar tudo a pente fino, pois os comprimidos têm de aparecer. Jesus pergunta ao Guarda quem é que está a dar instruções ao chefe e pede-lhe o contacto dele.

Helena chega ao hospital e conta a Luís que não fala com a filha, pois ela tentou matar o filho quando ele nasceu e acusa-a de ser perigosa.

Os Guardas não encontram nada e Papa diz ao chefe que acha que sabe quem levou os comprimidos e indica os presos. O Preso que engoliu os comprimidos pede para não lhe baterem, pois o material pode rebentar, e de repente o preso explode.

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close