Vera Kolodzig e Diogo Amaral podem ter participação curta em “Jardins Proibidos”


jardins proibidos

Vera Kolodzig está grávida de 6 meses e iniciou agora a aventura da sequela de “Jardins Proibidos”, a novela que em 2014 traz de volta as personagens de 2000.

Com o aproximar do parto, a equipa está toda de prevenção, a começar por Manuel Arouca, o autor da história. Vera pode ter de se ausentar a qualquer momento devido à sua condição.

O espírito é, no entanto, de motivação. «Estou grávida, não estou inválida», atira à TV Guia a atriz de 29 anos que viu serem criadas condições para embarcar numa ficção, já na segunda metade da gestação.

Apesar de tudo estar preparado para o conforto de Vera Kolodzig, o guião vai sendo escrito passo a passo e só foram escritos ainda 40 episódios, todos contando com a artista.  «Está tudo a ser concebido tendo em atenção o estado da Vera. Já foram escritos 40 capítulos», afirma José Eduardo Moniz, consultor da história.

Quem também está em “Jardins Proibidos” é Diogo Amaral, companheiro da atriz. Ambos vão permanecer na trama até a intérprete de Teresa der à luz, o que deve acontecer dentro de 3 meses.

O regresso de Vera Kolodzig e Diogo Amaral não são, no entanto, confirmados depois do parto. Ambos vão gozar de licença de maternidade e paternidade e podem não voltar mais a “Jardins Proibidos”, deixando o protagonismo para outras personagens.

Se saírem da trama, os atores poderão voltar no final para fecharem o ciclo iniciado por Vera Kolodzig em 2000.

Partilhe: Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Noticias relacionadas

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close