“Viagem ao Japão” é a ‘Grande Reportagem SIC’ desta semana

“Viagem ao Japão” é a ‘Grande Reportagem SIC’ desta semana. A peça é emitida hoje no “Jornal da Noite”.

Caminha com pequenos passos, de pele pálida, coberta cuidadosamente com o pó branco. Os olhos de menina contrastam com o arrojado batom vermelho. Pela rua, sem parar, sorri, timidamente, perante as máquinas fotográficas que disparam de todo o lado. Tem apenas 16 anos e na escola, que lhe traça o destino, estuda para ser um dia uma gueixa.

Numa das mais famosas ruas de Kioto, a tradição milenar resiste num país moderno e serve de ponto de partida à viagem… “Viagem ao Japão” é uma Grande Reportagem que o convida a conhecer, em 35 minutos, um país de contrastes.

A SIC esteve em escolas públicas, onde o Estado dispensa as empregadas de limpeza porque são os próprios alunos que limpam as salas de aulas e entrou no maior projeto de engenharia do mundo, nos subsolos de Tóquio.

Ao Leste do Japão, a equipa da “Grande Reportagem SIC” documentou como ficou a região depois do sismo que, há quatro anos, destruiu a zona.

Em Fukushima, mantém-se a zona de exclusão que obrigou milhares de famílias a abandonar as casas. E quatro anos depois, por todo lado, continuam os trabalhos de limpeza da terra radioativa, que o Governo guarda em enormes sacos negros espalhados pela região.

Em Sendai, há milhares de pessoas que continuam a viver em contentores que servem de casa. Histórias de solidão e de coragem. De quem tudo perdeu e soube recomeçar.

E no país que mais peixe se consome por pessoa, o sushi é tema obrigatório. A gastronomia deixa saudades a quem aprecia um bom prato de peixe cru. Do alto mar até ao prato. A visita passa ainda pelo maior mercado de peixe de Tóquio e do mundo, onde, este ano um só atum foi vendido por mais de 30 mil euros.

E mudando radicalmente de assunto, porque a viagem é longa e diversa. O desafio é também para conhecer os balneários públicos no Japão. Há quem saia de casa para tomar banho na rua, ricos e pobres, é um negócio de sucesso garantido no país.

O país do Sol nascente pelo qual se apaixonaram José Botelho e Marta Morais, ambos casados hoje com japoneses. Marta vive num templo budista, José tenta deixar uma marca na gastronomia japonesa, influenciada pelos portugueses há cerca de 500 anos. Tem um restaurante em Osaka.

Uma “Viagem ao Japão”, mais de nove cidades, por terra e pelo mar, da educação, à economia, da religião, à engenharia, da pesca à gastronomia.

Vidas, da vida japonesa, numa reportagem de Ana Peneda Moreira, imagem de Odacir Junior e edição de Rui Felix.

Partilhe: Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close