“Vidas Opostas”: Resumo dos próximos episódios

"

150º Episódio (17 a 23 de setembro)

Cecília discute com Álvaro e acusa-o de ser um assassino e diz que quer criar o bebé longe dele. Álvaro enfurece-se e empurra-a pelas escadas abaixo, deixando-a cheia de dores e sem a ajudar, na esperança de que ela perca o filho.

Eva discute com Jorge e diz-lhe que foi a casa de Hugo e que descobriu tudo sobre a investigação que ele continua a fazer sobre a rede de doping. Ele garante-lhe que vai publicar o artigo que está a escrever com ou sem o seu apoio.

Hugo espera muito ansioso por Maria e quando ela chega, diz-lhe muito aflita que têm de ir a casa do pai que está a arder. Hugo fica em choque e conta que deixou Alice com Jorge lá em casa. Os dois em pânico precipitam-se para a casa de Vítor, depois de Maria ter ligado a Jorge e ele ter dito que quando saiu de casa não viu Alice.

Hugo consegue chegar a casa e entrar. O fumo impede-o de ver a sobrinha que chora, envolvida pelo muito fumo que o incêndio está a gerar.

Maria está desesperada, temendo pela vida da filha.

Hugo consegue salvar Alice retirando-a da casa que continua a arder. Entretanto, ressente-se do fumo que inalou e desmaia.

Hugo dá entrada no hospital e tenta dizer algo a Maria sobre o pai mas não consegue. O médico também quer observar Alice e Maria fica muito angustiada pela situação do irmão e da filha.

Álvaro pergunta a Ricardo como é que foi capaz de encobrir a mãe e a sua gravidez. Ele avisa-o de que se fizer mal à mãe ou ao bebé esquecerá que é filho dele.

Jorge conta a Maria que Hugo saiu de casa muito stressado e que nem sequer o avisou de lá tinha deixado Alice. Mónica diz que a casa ficou destruída e que a polícia vai investigar a origem do incêndio.

Débora desabafa os seus problemas com Íris e nem percebe que ela está com problemas maiores. Íris conta à amiga que a mãe está grávida de Vítor.

Joel não se consegue envolver sexualmente com Soraia apesar de ela se esforçar por ser sedutora.

Débora vai mais uma vez sabotar os bolos do avô mas Trovão apanha-a em flagrante. Mónica liga a Débora e conta-lhe do incêndio. Ela fica preocupada com Hugo e Trovão conforta a neta.

Maria emociona-se ao ver Hugo entubado e inconsciente. O médico diz que vão ter de esperar pelas próximas horas para perceberem como evolui o seu estado.

Jorge pergunta a Eva se foi ela que incendiou a casa de Vítor e ela nega, dizendo que ele está a acusá-la injustamente.

Eva vai a casa da mãe a pretexto de estar um pouco com Lucinha e diz-lhe que a rede está prestes a acabar. Salomé não acredita e pede-lhe que devolva as chaves de casa.

Romeu visiona as imagens das câmaras de vigilância do laboratório e vai fazer vigia à porta. Aurora rouba ampolas e dinheiro e parte alguns objectos para simular um assalto.

Romeu continua de vigia à porta do laboratório e é atingido por um taco de basebol, tombando inanimado.

Aurora guarda o material que usou para assaltar o laboratório e tira da mochila as ampolas e o dinheiro que roubou.

Anabela deixa Cecília em casa e oferece-se para ficar com ela. Álvaro aparece naquele momento e Anabela enfrenta-o. Cecília vai para o quarto e diz a Álvaro que não quer falar com ele. O marido segue-a e continua a chantageá-la. Ricardo entra no quarto dos pais e diz que tem de sair porque ouve um incêndio em casa de Vítor que atirou com Alice e Hugo para o hospital. Depois de o filho sair, Álvaro nega a Cecília que tenha sido ele a causar o incêndio, até porque se fosse para matar um filho de Vítor seria o que ela carrega no ventre. Cecília fica horrorizada.

Eva tenta falar com Jorge mas ele não a atende. Romeu informa-a de que o laboratório foi assaltado e que ligou a Aurora mas ela não atende. Eva liga de seguida para Álvaro.

Cecília discute com Álvaro e acusa-o de ser um assassino e diz que quer criar o bebé longe dele. Álvaro enfurece-se e empurra-a pelas escadas abaixo, deixando-a cheia de dores e sem a ajudar, na esperança de que ela perca o filho.

Ricardo aparece no hospital para apoiar Maria. Ela conta que Alice está bem mas que Hugo está ligado a um ventilador. O médico surge nesse instante e revela que Hugo está em coma induzido para estabilizar. Maria fica desesperada e apoia-se em Ricardo.

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close